Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

23 de novembro de 2016

Resumão do filme: Animais Fantásticos e onde Habitam



SPOILER ALERT!!!!!!




Heeeey People!
Vamos falar hoje de um dos filmes mais aguardados do ano, especialmente pelos fãs da saga de Harry Potter....
Se você ainda não viu o filme e não gosta de spoiler, SAIA DAQUI JÁ!!! hahaha
Não vai ter tanto Spoiler assim.... mas  vou dizer alguns.

Primeiramente, vamos deixar claro que, se você não viu ou não leu a saga de HP, não tem problema nenhum.O filme consegue ser bem conciso, e apesar de se passar no universo Harry Potter, você não precisa ter visto os outros filmes, para entender esse. Existe, claro, algumas ligações... Mas elas são bem sutis, e são referência ao mundo mágico e não necessariamente aos filmes de HP, ok?

Tendo isso em vista, vamos ao filme .
Vamos começar pelo quarteto que protagoniza o filme.

Newt Scamander



Vivido pelo ganhador do Oscar de melhor ator, pelo filmes A Teoria de Tudo, Eddie Redmayne, o "biólogo, cientista, estudante de criaturas?" (não sei como classificar haha) Newt, passa parte de sua vida estudando sobre criaturas mágicas. Ele as classifica, descobre suas particularidades e cuida de cada uma delas, na intenção de levar conhecimento as pessoas, para que essas criaturas não sejam temidas.

Porpentina Goldstein


Katherine Waterston, dá vida a ex-auror Porpentina (que perde sua licença de auror por motivos não explicados). Uma personagem meio atrapalhada, que encontra por acaso com Newt.


Queenie Golstein


A atriz, cantora e pianista Alisson Sudol, vive a personagem mais graciosa do filme. Queenie é telepata e divide um apartamento com a irmã.


Jacob Kowalski (Não é o do Mostros S.A rs)



Dan Floger, vive Jacob. Um trouxa (que na Inglaterra é chamado de não-maj), que se encontra com Newt, e acidentalmente ( e previsivelmente) troca sua mala com a dele.


A história:

Newt Scamander chega a Nova York, em busca de uma criatura que só existe lá. Porém, uma de suas criaturas foge de sua maleta mágica, e em busca dela, ele acaba se encontrando com Jacob, um não-maj, que está em busca de um financiamento para abrir uma padaria.
Nesse meio tempo em que eles se encontram, eles acabam trocando suas maletas sem perceber. E ao chegar em sua casa, Jacob acaba liberando algumas criaturas da mala.
Porpentina que faz parte do Departamento de Magia de Nova York, vê Newt expondo sua magia, em uma Nova York repressora, que não aceita muito bem os bruxos. Ela o "prende" dizendo que ele possui uma maleta cheia de criaturas que podia expor o mundo mágico, porém , ela não sabe que sua maleta havia sido trocada com a de Jacob e se passa de boba no Departamento de Magia.
Uma criatura faz uma estrago no prédio de Jacob, então fica fácil Newt e Porpentina, reencontrarem Jacob, e se incia a busca pelas criaturas perdidas.
Enquanto eles buscam pelas criaturas, o filme apresenta a repressão que os bruxos sofriam em Nova York, pelo grupo Segundos Salemianos, com destaque para Credence (Ezra Miller- Novo Flash da D.C). 

Eu não vou mentir, no começo eu estava achando o filme meio chatinho...Mas depois, parece que "engata" e fica interessante, pois, começam a acontecer várias coisas ao mesmo tempo:
--> Credence fica próximo do Auror Percival Graves, que se revela vilão.
--> Modesty, irmã de Credence, dá um ar de criança sombria ao filme. 
--> Queenie e Jacob, começam a desenvolver uma "amizade colorida"
--> Eles descobrem que há outra magia solta pela cidade, mas não é uma das criaturas de Newt.
Conforme esses acontecimentos se desenrolam, a história ganha ritmo.

Para espanto (meu, pelo menos) Jony Deep dá o ar da graça no filme, por alguns segundinhos só. Mas, como eu esperava só nos próximos filmes, fique surpresa com sua breve aparição como Grindelwald. Ele é preso no final, então o próximo filme, provavelmente vai mostrar sua saga em sair da prisão.

Para quem assistiu Harry Potter:
Será que com a aparição de Grindewald, os próximos filmes mostrem o que houve entre ele e Dumbledore, que resultou na morte de Ariana (irmã de Dumbledore)?
Será que Newt tem alguma ligação com Hagrid (devido as criaturas)?
O que levou a expulsão de Newt de Hogwarts?

Você assistiu? O que achou?








22 de novembro de 2016

RESENHA!



Heeeeeeey people!
Quanto tempo que não passo por aqui! Mas estou de volta e com inúmeras resenhas para vocês :)
O livro de hoje é nacional e faz  jus ao nome...

SURPREENDENTE!


Resultado de imagem para livros surpreendente

O livro conta a histórias de Pedro.
Um rapaz da classe média, recém formado, que acredita ter o dom de mudar a vida das pessoas. Ele tem o sonho de dirigir um filme que seja premiado com o Cacau de Ouro.
Comanda o último cineclube de São Paulo, que sobrevive em um "porão" de um bar, cuja dona, não acredita na sua sobrevivência. Trabalha meio período em uma locadora de uma periferia, onde indica livros clássicos, na esperança de quem alguém possa se encantar com o mundo do cinema.
Na adolescência, foi diagnosticado com uma doença degenerativa nos olhos, mas ele contraria a ciência, até que uma briga na locadora muda sua visão sobre o mundo e sua vida.
Uma série de acontecimentos leva ele e mais três amigos a Pirenópolis, na saga de gravar um filme.

A história é simplesmente surpreendente (Sem trocadilhos). Nada do que eu imaginei aconteceu, então não é um livro previsível. A leitura é leve, simples e tem a capacidade de te manter preso ao livro. Pedro tem conflitos que todo adolescente,que está passando pela vida adulta tem, então é fácil se identificar e se apegar ao personagem.

O livro é de brochura, te, 272 páginas, e hoje está por R$19,90 na submarino... Mas talvez você encontre por um precinho melhor em algum sebo.
Vale a pena conferir!




10 de agosto de 2016
Boa Noite!!!

quanto tempo não passo por aqui... porém tive minhas tão esperadas FÉRIAS!!! ✈️ ✈️ ✈️
mas nas férias tbm tem leitura, certo?

O livro é fantástico e ótima para pessoas atuais inconformadas com diversos acontecimentos e humanidade como EU


Esse livro trás diversas explicações sobre nosso cérebro, sobre auto-estima, assim como alguns exercícios a serem feitos a fim de observarmos como nosso cérebro age e tentar reprogramá-lo!

Sabe livro de cabeceira? que vc lê uma vez mas depois precisa ou quer e ler de novo e de novo?
ele é ótimo pra isso!
super indico!!!!


Bienal do Livro chegando em SP esse mês!!! quem vai???

19 de junho de 2016

Feliz... Conformidade?

Desde cedo sou repreendida por querer demais, pensar longe demais, planejar e desejar demais. 
Se eu me importava? Nunca e nem continuo. E há exatos 19 anos, esse foi o pensamento que me levou aos lugares mais incríveis e às experiências responsáveis pela minha formação como pessoa.
Elas continuam a dizer que eu não devo ser ambiciosa, não devo querer mais do que a média, não devo sonhar demais porque nada vai dar certo. Afinal, como algo poderia dar certo para aqueles que nem saber qual o significado de certo para suas respectivas vidas?
Enfim.
Algumas coisas dão errado. Muitas dão errado. Mas, meu Deus, se eu tivesse desistido na primeira vez que escrevi um texto e este ficou ruim, ou nas minhas primeiras e frustradas tentativas de viagens, eu nunca saberia o quão complexo pode ser o significado de uma lágrima.
E eu quero significados complexos. Sentimentos profundos. Vivências que te colocam de cabeça para baixo como nenhuma montanha russa conseguiria.
Mesmo que eu acabe com pés cheios de calos e bolhas e machucados. Mesmo que o corretivo acabe no meio do caminho e eu vire um rosto dentro de olheiras.  

Esse texto é breve e uma pequena amostra do único significado comemorável, para mim, de aniversários: mais um ano que eu ignorei os sapatos para o chão de pedras, mais um ano que meus olhos foram testemunhas deslumbradas, mais um ano que eu manchei meu travesseiro com lágrimas e restos de maquiagem.
Porque se a vida não é puro eufemismo para a chocante palavra tentar, então eu espero que ela me dê argumentos o suficiente nos próximos anos.
Não serão baixas expectativas de um mundo reduzido aos globos de neve que mudarão o que me faz levantar todos os dias.

P.S: Se você se identifica e não aguenta mais pessoas tentando acabar com os seus sonhos: no meu caso, ouvir músicas que me impulsionaram algum dia a correr atrás do que faz sentido é o melhor remédio. Procure o que te inspira, o que te faz chorar de tanta emoção. Você vai ver que essas pequenas coisas são mais fortes que palavras vazias.
P.S 2: Aceito livros de presente.
13 de junho de 2016
Boa Tarde,

vim hoje falar do filme estreado esse final de semana "COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ"


Um dos filmes mais fiéis ao livro... sim é de se perder litros em lágrimas! Vale a pena!

Livro inspirador tem o mesmo nome e é da autora Jojo Moyes, em algumas livrarias está esgotado ou possuem uma nova capa com os atores do filme! Simplesmente fantástico!


E depois dele tem sua continuação....

que todos vão querer ler, afinal querem saber o que acontece depois do primeiro ou depois do final do filme né? 
Mais litros de lágrimas ;)

Romances lindos que nos fazem repensar nossas vidas e diversos relacionamentos tóxicos
bjs

4 de junho de 2016

Leituras do Mês | Maio de 2016

Como Maio foi um mês atípico comparado aos meses úteis dos últimos anos, resolvi fazer um Leituras do Mês!

LEITURAS CONCLUÍDAS

Harry Potter e a Câmara Secreta




Se eu me arrependo de algo, é de não ter lido Harry Potter quando era mais nova! Mas fazer o que, né? Pelo menos estou lendo agora.
Achei A Câmara Secreta tão bom quanto A Pedra Filosofal, mas acredito que as novidades do primeiro me entusiasmaram mais. Talvez porque este foi o filme que eu mais assisti e sei algumas falas de cor, talvez porque todo mundo fala que O Prisioneiro de Azkaban é o melhor e eu já sabia que ele seria o próximo...


Para Todos os Garotos que já Amei




Quando nada na minha estante me agrada, recorro à estante da minha irmã. Foi lá que eu encontrei Para Todos os Garotos que já Amei, que conta a história de Lara Jean e sua complicada vida amorosa.
Na lista dos livros amorzinho pra ler em uma tarde, ele atualmente ocupa o meu topo! A leitura é uma delícia e, apesar da temática adolescente demais me cansar de vez em quando, queria logo ler a sequência!



Uma História de Amor e TOC




Outro membro do acervo da minha irmã, Uma História de Amor e TOC estava na listinha de "livros para ler em breve" há quase um ano! Tomei vergonha na cara e li esse livro maravilhoso, que trata de assuntos seríssimos com a seriedade que eles precisam, mas tem um quê de humor da protagonista que traz certa leveza à escrita, e é incrível <3



P.S: Eu Ainda Amo Você




Devo me considerar uma vencedora por não ter lido P.S: Eu Ainda Amo Você logo que terminei o primeiro? Acho que eu merecia um prêmio, na verdade, hahaha. A história de Lara Jean continua na mesma linha do primeiro livro, e as mesmas coisas que eu amei existem, e as mesmas coisas que me incomodaram existem, mas ele está lá, firme e forte no topo dos livros amorzinho para ler em uma tarde.


Por Lugares Incríveis




Eu não posso falar muito sobre Por Lugares Incríveis que eu começo a chorar. Esse livro é INCRÍVEL e deveria ser literatura obrigatória. Só deixo aqui que em certas passagens, não conseguia ler devido à quantidade de lágrimas impedindo meus olhos.

LEITURAS EM ANDAMENTO


Hiroshima




Preciso ler Hiroshima para a faculdade, e nessa reportagem sobre seis sobreviventes da bomba de Hiroshima, é difícil engolir algumas passagens, é difícil não derrubar lágrimas. Estou a menos de cinquenta páginas de terminá-lo e não me acostumei com o nível de atrocidade presente em uma bomba nuclear. Eu cresci ouvindo sobre ela. Eu sei seus mecanismos físico-químicos. Eu sei seu contexto histórico. Mas nunca havia pensado tanto naquelas populações.



Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban




É claro que eu começaria a ler O Prisioneiro de Azkaban, né? Mas logo meu Hiroshima chegou e precisei abandonar a leitura ainda no comecinho, mas já estou morrendo de amores pela atmosfera de plot twist e não, não está sendo fácil lidar com a ansiedade.
24 de maio de 2016

5 livros para ler no feriado

Oi, gente!

Nesse feriado, não há nada melhor do que ler para passar o tempo, certo? Especialmente quando se trata de uma leitura leve, que flui fácil. Por esse motivo, selecionei 5 livros com esse tipo de leitura para indicar para vocês. 

1. Perdida - Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo - Carina Rissi
Número de páginas: 362

"Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo e lindo Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos..."



2. Princesa Adormecida - Paula Pimenta
Número de páginas: 192

"Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário.

Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou.

Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida.

Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única.

Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim..."


3. Fiquei com o seu número - Sophie Kinsella
Número de páginas: 464

"A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir."





4. Menina de Vinte - Sophie Kinsella
Número de páginas: 496

"Lara Lington sempre teve uma imaginação fértil. Agora ela começa a se perguntar se está ficando maluca de vez. Meninas normais de vinte poucos anos não veem fantasmas, né? Pelo menos era o que ela pensava até o espírito da tia-avó Sadie, que foi uma jovem dançarina de Charleston com ideias avançadas sobre moda e amor, aparecer misteriosamente com um último pedido: Lara precisa localizar um colar que foi dela por mais de 75 anos. Só assim tia Sadie poderá descansar em paz. Além de encontrar a joia, Lara tem que lidar com probleminhas do dia a dia: a sócia foi curtir um romance em Goa, sua empresa está afundando e ela acabou de ser abandonada pelo homem “perfeito”. Nesta divertida história, Lara e Sadie são duas meninas de vinte bem diferentes que vão aprender a importância dos laços familiares e da amizade."



5. Na Ilha - Tracey Garvis Graces
Número de páginas: 288

"Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem."

Beijos,
Isa.
21 de maio de 2016

Playlist da Semana | Frio, chuva e cobertor

Espero do fundo do coração que esteja frio como em São Paulo na cidade de vocês <3
Mas vamos às favoritas da playlist da semana, com as músicas que me acompanharam nessa semana gelada de provas e trabalhos na faculdade.

Not Today - Imagine Dragons


Like I Would - Zayn


Fire N Gold - Bea Miller


Uncruel - House of Lion


Princess of China - Coldplay feat. Rihanna | Acústica


Somewhere Only We Know - Lily Allen



A playlist completa você confere lá no meu Spotify https://play.spotify.com/user/12142511186/playlist/0KhFC5UkjMxiBKZcgPqkME
7 de maio de 2016

TAG dos Títulos

Olá, queridos, tudo bom?
Dia de post e eu queria falar dos dois últimos livros que li - Harry Potter e a Câmara Secreta e Para Todos os Garotos que já amei. Mas pensei em criar um quadro de leituras do mês aqui no blog, e esperarei o começo de junho para escrever sobre eles, o que acham?
Enquanto isso, fiquemos com uma tag.

1. O título mais longo da sua estante
A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista! Apesar de emprestado, ainda ganha de todos os outros então deixaremos o querido com o posto.

2. O título mais curto da sua estante
Til, que inclusive, queria terminar de ler ainda esse ano.

3. Um título que não descreve bem a história do livro
Como escolher sendo fã de títulos conotativos? Mas fico com Longe Demais

4. Um título que descreve bem a história do livro
Uma Garrafa no Mar de Gaza porque se eu parar para pensar, encontrarei outros mil.

5. Um título chato/agoniante
Cocanha. Não sei. Acho sem graça.


6. Combine todos os títulos das categorias anteriores e crie um novo título

A Probabilidade Estatística do Til Longe Demais de Cocanha no Mar de Gaza.
1 de maio de 2016
Boa Noite!!!

nesse friozinho nada melhor que cobertas e um livro né?

hoje vou falar de uma autora que me conquistou nesses últimos tempos e tenho procurado já pela autora, pois de todos livros que li dela nenhum me decepcionou e muito pelo contrário.... são daqueles que penso antes de dormir SÓ MAIS UM CAPÍTULO....
nome dela GAYLE FORMAN



O livro SE EU FICAR se tornou um filme e acredito que muitos acabaram assistindo o filme sem ler o livro, mas o livro é muito mais LINDO! e no livro fica aquela dúvida será que ela optou por voltar mesmo?

é aquele romance gostoso de ler e aquela dúvida sobre o que ela vai fazer mesmo com tantas tragédias e tristezas!

nesse livro a autora já ganhou meu coração e aí? comprei a continuação desse livro....




Pra onde ela foi... é a continuação do Se eu ficar... continuação da história mesmo, mas tbm contada por ele, o namorado dela!
continuação do romance, das histórias de cada um para seu lado etc!

lindo, lindo e lindo! só tenho a falar isso.... Gayle Forman conquistando meu coração de novo, com seu jeito de escrever e descrever sentimentos. já comprei na pré-venda este!


O próxima já tinha uma história diferente....


EU ESTIVE AQUI
conta a história de duas melhores amigas e uma delas comete suicídio e a outra não consegue entender o "pq"disso, afinal pra ela estava td bem... e se questiona se eram mesmo melhores amigas e vai atrás de td história, de td que aconteceu pra amiga ter feito tal coisa tão brutal e não ter pedido ajuda à ela antes, não ter comentado que estava precisando de ajuda etc!

Bem bacana tbm como td história é contada, mesmo sendo triste.



e mais um que eu já li..... da GAYLE


O QUE HÁ DE ESTRANHO EM MIM

Um pai interna uma filha numa clínica que ele acha que vai melhorá-la na época de adolescência e o lugar é horrível e hostiliza as garotas que resolvem se juntar e acabar com o local!

História bem interessante, principalmente visto a "moda"das doenças do século "XXI"e quantidade de pessoas internadas e dopadas em clínicas a fim de melhoras.


Os livros confesso que possuem um ar dramáticos, um tanto quanto triste, mas todos tem um romance envolvido (ADORO ROMANCES!) e a leitura é algo leve, acredito que a autora escreve super bem, descreve detalhadamente e vc consegue viajar, imaginar muita coisa e eu particularmente viajo nessas leituras e acabo com esses livros em instantes!

Indico todos... e estou lendo outro livro dela e assim que acabar conto aqui pra vocês!
bjs e ótima semana queridas e queridas leitores!

Mirela =)


27 de abril de 2016

Os 3 melhores livros que eu já li

Oi, gente!

Eu já li livros muito bons na minha vida: desde comédias à dramas, desde ficções à biografias... Mas, preciso dizer, os melhores livros que já li foram aqueles que me passaram alguma lição, que me fizeram refletir sobre algo durante a leitura. Por isso, hoje vou indicar os meus 3 livros preferidos, os que mais me marcaram e me fizeram ter uma visão diferente das coisas. São estes:

3. A mais pura verdade - Dan Gemeinhart

"Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido, um sentido muito importante, Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável."


Eu não sei se no dia que li esse livro eu estava muito emotiva ou se o livro é de fato muito tocante do início ao fim, mas já comecei a chorar logo na página 20. Tem apenas 221 páginas e eu li em uma noite, em cerca de duas horas e meia/três horas.

"A vida é um saco. Essa é a mais pura verdade. Mais uma coisa que eu não entendo: por que todo mundo sempre tenta fingir ser o que não é?"

"Mesmo a muitos quilômetros de distância, um amigo ainda pode segurar sua mão e estar ao seu lado."

É uma leitura extraordinária: Mark é cativante e a determinação dele de realizar seu sonho, mesmo com todos aqueles empecilhos - a doença, o fato de ter que manter tudo aquilo omitido dos seus pais por saber que eles nunca permitiriam juntamente com o fato de ter a pouca idade que tem -, é incrível e faz você repensar se realmente está fazendo o que está ao seu alcance para ir atrás do que quer. Recomendo muito!

"Esse era o tipo de amizade que tinham. Ela sentia a dor dele."

"Viver com medo não é jeito de se viver."

2. Eu sou o mensageiro - Markus Zusak

Ed Kennedy leva uma vida medíocre, sem arroubos. Trabalha, joga cartas com cúmplices do tédio, apaixona-se por uma amiga que dorme com todos os vizinhos do subúrbio e divide apartamento com um cão velho. O pai alcoólatra morreu há pouco; a mãe parece desprezá-lo.
Certo dia, ele impede um assalto a banco e é celebrizado pela mídia. O ato heróico tem conseqüência. Logo depois, Ed recebe enigmáticas cartas de baralho pelo correio: uma seqüência de ases de ouros, paus, espadas, copas, cada qual contendo uma série de endereços ou charadas a serem decifradas. Após certa hesitação, rende-se ao desafio. Misteriosamente levado ao encontro de pessoas em dificuldades, devassa dramas íntimos que podem ser resolvidos por ele. Uma mulher é estuprada diariamente pelo marido, enquanto uma senhora de 82 anos afoga-se em solidão, à espera do companheiro, morto há mais de meio século.
A ele parece caber o papel do eleito, do salvador. Convencido disso, segue instruções e se perde entre ficções de estranhos e sua própria, embaçada, realidade. A certa altura pergunta-se: "Eu sou real?" Markus Zusak cria um personagem comovente capaz de confrontar o mistério e, por meio da solidariedade, empreender um épico que o levará ao centro de sua própria existência.


A primeira vez que li esse livro foi em 2012, e reli em fevereiro desse ano, só pra lembrar O QUANTO EU O AMO.

"Prefiro correr atrás do sol do que esperar que ele venha a incindir sobre mim".

"E se um cara como você consegue fazer o que você fez por toda essa gente, talvez todo mundo consiga. Talvez todos possam superar seus próprios limites de capacidade."

"A gente pode até inventar desculpas pras coisas, mas acreditar nelas, não."

Ele tem uma história diferente de tudo que eu já vi, além de misturar romance, drama, comédia... Não conheço ninguém que não tenha gostado, o final é surpreendente!

"Às vezes as pessoas são bonitas.
Não pela aparência física.
Nem pelo que dizem
Só pelo que são."

"Os últimos vestígios de amor, estranhamente, ainda ali...
Ela se permite me amar por três minutos.
Será que três minutos podem durar pra sempre?, eu me pergunto, mas já sabendo a resposta.
Provavelmente não, respondo. Mas talvez durem tempo suficiente."

1. A Menina que Semeava (Lou Aronica)

Chris Astor é um homem de seus quarenta e poucos anos que está passando pelo mais difícil trecho de sua vida. Ele tem uma filha, Becky, de 14 anos, que já passou imensas dificuldades até chegar a se tornar uma moça vibrante e alegre, mas que parece que terá que enfrentar mais um grande problema em sua vida.
Quando Becky era pequena e teve câncer, Chris e ela inventaram um conto de fadas, uma fantasia infantil que adquiriu vida e tornou-se um terrível, provavelmente fatal, problema.
Agora, Chris, Becky e Miea (a jovem rainha da fantasia criada por pai e filha) terão que desvendar um segredo: o segredo de por que seus mundos de fantasia e realidade se juntaram neste momento. O segredo para o propósito disso tudo. O segredo para o futuro. É um segredo que, se descoberto, irá redefinir a mente de todos eles.A menina que semeava é um romance de esforço e esperança, invenção e redescoberta. Ele pode muito bem levá-lo a algum lugar que você nunca imaginou que existisse.
Uma fantasia que trabalha assuntos densos como a separação dos pais, oncologia infantil, separação de filha e pai, adolescência. A menina que semeava não é um livro sobre adolescentes comuns. É sobre uma que se deparou prematuramente com a ameaça do fim e teve de tentar aprender a lidar com ele.


Esse. Livro. É. Extraordinário.

Juro pra vocês, quando eu terminei a leitura fiquei parada, olhando pro nada, chorando MUITO, me imaginando num carro olhando pro vidro com a música tema "mais um dia triste, me pego outra vez pensando em você..."

Brincadeiras à parte, esse livro será completamente diferente de tudo que você já leu. O mundo criado por Becky e seu pai é muito bem explorado, e há tantas coisas incríveis nele que dá vontade de aplaudir de pé a criatividade do autor. Toda pessoa deveria ler.

“Não importava que muitas promessas não fossem realizadas. O que importava era que a esperança continuasse a existir.”

"Nada é exatamente como a gente pensa..."

"Eles precisavam superar a dor. Precisavam superar o sofrimento. Precisavam abraçar a essência. Somente eles poderiam decidir a sina de um mundo de possibilidades." 

Beijos,
Isa K.

24 de abril de 2016

(Álbum) de Viagem: Ilha Comprida - São Paulo

Mudei a data da postagem dessa semana por um motivo nobre: Álbum de Viagem <3
Quinta-feira foi feriado e sábado, aniversário da minha irmã. Somamos dois e dois, arrumamos uma viagem do tipo bate e volta para um lugar que ainda não conhecíamos e só quem já deu essas escapadas da rotina para uma cidade completamente diferente sabe como é gostoso!
O destino foi Ilha Comprida, cidade do litoral sul de São Paulo, quase no Paraná, com mais de 70km de praias. A Ilha, conhecida por ser uma área de preservação ambiental e consideradas uma das áreas de reserva da biosfera pela UNESCO, conta com áreas preservadas de praias, dunas, mangues e lagoas, além de aves como o quero-quero e o albatroz.
As praias, todas sem indício de poluição, são divididas apenas pela praticidade, já que é possível dizer que a Ilha é composta por uma única e contínua praia - as mais agitadas na parte norte, perto do acesso para Iguape, e as mais desertas na parte sul, perto do acesso para Cananeia e a Ilha do Cardoso.
Além disso, as vilas de pescadores atraem muitos turistas - como a Vila de Pedrinhas, nas margens do Mar de Iguape, limite norte da Ilha.

#1 - Pôr-do-Sol na Praia do Encanto


Chegamos no período da tarde, então, só deu tempo de almoçar - recomendamos fortemente a Padaria Cajara, na Avenida Copacabana, bem no centro da cidade. Depois, caminhamos até a praia mais próxima, a Praia do Encanto, para ver o restinho do pôr-do-sol. Na realidade, o sol se põe no Mar de Iguape, mas a vista da praia é essa aí, hahaha.

#2 - Ponta da Praia


No segundo dia fomos para o extremo norte da Ilha: a Ponta da Praia. Queríamos ver as casas tomadas pelas dunas e parte do mar, mas chegando lá, descobrimos que o mar estava muito bravo e era impossível vê-las dali. Se eu estou doida para voltar para ver as tais casas? Imagina.

#3 - Vila de Pedrinhas


No terceiro dia decidimos conhecer a Vila de Pedrinhas, mais ao sul da ilha, nas margens do Mar de Iguape. É uma das vilas de pescadores mais tradicionais da cidade, e se você quiser conhecê-la, prepare-se para ficar mais ou menos uma hora dentro do carro, passando por paisagens incríveis de dunas de areia, casas abandonadas, praias desertas e descampados até o infinito.

#4 - Vila de Pedrinhas


Esperava algo mais rústico da vila, mas ver a realidade de quem mora ali e sobrevive da pesca foi, no mínimo, incrível. O lugar é totalmente isolado e ainda sim, tem ares de condomínio.

#5 - Praia da Boa Vista


Voltando da Vila de Pedrinhas, paramos na Praia da Boa Vista só para admirar esse visual feio. É tudo o que eu tenho a dizer.

---

1 - O acesso para a Ilha se dá ou por Iguape, direto no norte da cidade, ou por Cananeia, no seu lado oposto. Se você é de São Paulo ou mora a leste da Ilha, vá por Iguape; se você for do Paraná ou de cidades limítrofes, Cananeia.
2 - Comemos em apenas dois lugares: a Padaria Cajara e o Restaurante Fago, recomendados, mas sempre falo das listas do TripAdvisor para se aventurar em lugares desconhecidos.
3 - É quase impossível conhecer a Ilha sem estar de carro, sério.
4 - Ela é silenciosa e tranquila de uma forma que, incrivelmente, me agradou. Eu não costumo gostar de tranquilidade demais, mas lá, tudo é diferente.

20 de abril de 2016
Olá!!!


é com muito prazer que eu me apresento como a nova colaboradora do blogger VICIADA EM LIVROS!!!!
me chamo Mirela C. Garcia e como requisito básico sou viciada em livros rs
sou um tanto quanto mais velha das colaboradoras e tenho 31 anos, sou professora universitária do curso de Farmácia e atuo na área de Cosméticos e Controle de Qualidade.

meu segundo vício são as maquiagens e cosméticos em geral e meu terceiro vício é viajar!

espero colaborar da melhor maneira com o blogger e agradeço muito à Isadora por ter me escolhido!
Já tenho uma lista de posts a serem feitos e colocados por aqui e espero que vocês leitores e leitoras gostem e aproveitem os livros que serão resenhados e indicados!

Beijos mil ;)

15 de abril de 2016

Book Haul: Fevereiro e Março

Olá, pessoal!


Sei que me ausentei do blog por muuito tempo, e peço desculpas por isso. O Viciadas em Livros está passando por algumas reestruturações e o esperado é que nós tenhamos mais posts pra vocês a partir de agora.

Bom, em fevereiro e março eu comprei alguns livros, e decidi compartilhar minhas aquisições com vocês! Acho que seria legal dar a dica das compras no Submarino: eles têm um aplicativo no celular em que você pode favoritar todos os livros que gostaria de comprar, e aí recebe uma notificação sempre que eles entrarem em promoção. Todos os livros abaixo eu comprei lá, e super recomendo! Os livros chegaram em ótimo estado e com um prazo de entrega muito curto - em no máximo uma semana eles já estavam na minha casa.

Bom, vamos começar!

Em fevereiro, eu comprei O Duque e Eu e Os Contos de Beedle, o Bardo.


O Duque e Eu 

Se passa em 1813, quando o duque de Hastings, Simon Basset, volta a Londres depois de seis anos viajando o mundo. Ele tem o propósito de nunca se casar, e é aí que entra Daphne Bridgerton, a irmã mais nova do seu melhor amigo. Todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. A ideia de Simon é fingir que a corteja; assim, conseguirá afastar as jovens obcecadas por ele e atrairá vários pretendentes para Daphne; afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Porém, à medida que a farsa dos dois se desenrola, torna-se cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado, que tem aversão a tudo que ela mais quer na vida.
Já li o livro e confesso que esperava beeem mais dele. A leitura pra mim foi bem arrastada e achei as descrições excessivamente detalhadas. Mas ainda pretendo ler o segundo livro da série, O visconde que me amava, pois dizem que ele é muito melhor.









Os Contos de Beedle, o Bardo



São cinco histórias de fadas relacionadas a magia. Há vários comentários de autoria de Alvo Dumbledore carregados de humor; o livro é bem curtinho e divertido e dá pra ler em menos de duas horas.













Em março, eu comprei outros 3 livros: A Menina Submersa - Memórias, A Sereia e A garota que você deixou para trás.


A Menina Submersa: Memórias

Gente, primeiramente: esse é o livro mais lindo que eu já vi em toda a minha vida. SÉRIO. A capa é dura e em alto relevo, as páginas são amareladas e as bordas delas são cor de rosa - eu quase tive um troço quando o livro chegou aqui em casa HAUAHAUA.
Ele é narrado por India Morgan Phelps, ou Imp
que começa a escrever um livro sobre sua história a partir do momento que encontrou uma mulher nua à beira da estrada e a levou para casa. Imp tem esquizofrenia, assim como sua mãe e avó, que cometeram suicídio. Ela não sabe distinguir ao certo o que aconteceu ou não, fazendo com que seja muito difícil confiar em sua narrativa, e a história não é apresentada em uma ordem linear, o que pode deixar o leitor confuso - talvez até mais confuso do que Imp.
Eu ainda não li o livro, mas já li diversos elogios em relação a ele e é o próximo na minha lista de leituras!



                                         


A Sereia

Kahlen tinha 19 anos quando foi a única sobrevivente de um naufrágio, sendo salva pela Água. Porém, para sua sobrevivência, foi imposta uma condição: ela devia se tornar uma sereia, cumprindo 100 anos de servidão, tendo que realizar cantos de tempos em tempos para que as pessoas se jogassem na Água e Ela pudesse se alimentar.
Quando Kahlen já cumpriu 80 anos de sua pena, ela conhece Akinli em uma universidade. Mesmo não podendo falar, Kahlen se comunica com Akinli através da escrita, até que os dois acabam se apaixonando. Ela estava ciente de que um relacionamento entre os dois nunca daria certo (já que, como sereia, ela não envelhecia, não se feria e nem adoecia, o que poderia gerar uma exposição de seu segredo, além do fato da Água proibir qualquer relação afetiva das sereias com humanos), ela não consegue deixar de pensar nele.
Eu gostei muuuito desse livro, apesar de ainda preferir A Seleção, pelo fato de ser uma narrativa mais envolvente. Mesmo assim, a leitura é super válida, eu simplesmente me apaixonei pelo Akinli (❤) e por vários outros personagens, como as irmãs da Kahlen, que são sereias e servas da Água assim como ela. É muito interessante acompanhar a trajetória de cada uma, como todas passaram por dificuldades mas conseguiram superar e se tornar mais fortes juntas. Super recomendo!

                    
                               


A garota que você deixou para trás

Durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo — a família, a reputação e a vida — na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston 
mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo.
Eu estou quase terminando esse livro, e estou adorando! Nunca tinha lido um livro da Jojo antes e estou me impressionando com a escrita dela tanto na narração remota quanto na contemporânea. O romance é muito bem desenvolvido e os sentimentos dos personagens são descritos de forma que nos possamos nos colocar no lugar deles e imaginar o que faríamos se estivéssemos na mesma situação. Se eu pudesse apontar algum defeito, diria apenas que achei a segunda parte do livro muito voltada ao quadro que retrata a Sophie. Ele obviamente é importante para toda a construção da história, mas chegou uma hora que se tornou um pouco cansativo pra mim ler tanto sobre essa disputa de quem ficará com ele HAUAHAU.

Bom, é isso! Se você quer ler algum desses livros, me conte quais nos comentários. E se você já leu algum dos que citei aqui, comente também o que você achou dele.

Beijos,
Isa K.