Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

13 de dezembro de 2013

Resenha: O Lado Bom da Vida

Título: O Lado Bom da Vida
Autor: Matthew Quick
Ano de lançamento: 2013
Número de páginas: 256

Editora: Intrínseca

Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.

Minha opinião: Graças à vocês e outros blogs por aí eu estava extremamente louca para ler O lado bom da vida — eu queria fazer um trocadilho com isso mas nada saiu, haha — então pedi o livro de presente no Amigo Secreto da minha sala! Depois de várias brigas com minha mãe (já que ela terminou primeiro e ficava pegando o livro, passando na minha frente e morrendo enquanto não me contava algo sobre ele) fiquei curiosa para ler e, quando finalmente tive essa oportunidade, não me arrependi: tudo é perfeito (principalmente o final!).

Um romance narrado por um homem, tá aí uma coisa difícil de se encontrar. Quando um homem começa a narrar um livro imagino algo mais bruto, mais direto, sem blá blá blá como as mulheres (admitam). Mas neste livro encontramos não um homem qualquer, e sim um que quer mudar para reconquistar a mulher com quem foi casado antes de ir para o lugar "ruim". Como ele diz, está "tentando ser gentil ao invés de ter razão".

A escrita do autor e o transcrever da história realmente me agradaram, e muito. Me senti dentro do livro, como uma espectadora assistindo a tudo. Foi uma leitura leve, daquelas que te deixam em um outro planeta. Quando terminei a última página e fechei o livro entrei na maravilhosa depressão literária — se ela for realmente uma depressão, porque eu vejo mais pontos positivos do que negativos.

Sobre os aspectos gráficos: as páginas são amareladas, e a capa de uma ótima qualidade. Os capítulos são curtos e com nomes bem peculiares. Encontrei 3 erros de digitação/gramática no livro, o que me deixou preocupada com a qualidade da editora no momento. Mentalmente carrego comigo uma lista de livros obrigatórios que darei aos meus filhos ou indicarei a qualquer pessoa que me pedir uma indicação, e com absoluta certeza "O lado bom da vida" entrou para esta lista.

Também queria deixar claro aqui que o filme tecnicamente não tem nada a ver com o livro. Peço imensamente que assistam o filme depois que vocês lerem o livro. A diferença é realmente absurda e
os detalhes que dão toda a magia ao livro foram totalmente ignorados.

Então é isso! Espero que tenham gostado. Beijos e até o próximo post!

7 comentários:

  1. Adorei sua resenha, estou doida pra ler esse livro tbm,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olááá..
    Eu tenho um certo preconceito com este livro, ou melhor, com a história de uma forma geral.
    Assisti ao filme e.. simplesmente não gostei.
    Depois da sua conclusão, dizendo que o filme não tem muita relação com a estória, até me animei em ler.

    Beijos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não vi esse filme, confesso que a história não fez meu estilo apesar de adorar esses atores...
    E também odeio quando colocam a capa do poster no filme no livro, não sei se houve uma capa antes, mas geralmente não curto quando isso acontece....
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana! Apesar de até então não saber de absolutamente nada a respeito da história, tenho vontade de ler O Lado Bom da Vida, assim que encontrar em uma livraria, verei se compro.
    Fiquei aurpresa em saber que o filme não tem nada nada a ver com o livro, pensei que fosse bem fiel, :/

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Não nego que estou louca para ler este livro, ainda mais ver o filme. Agora mais ainda, embora saiba que não é o meu gênero favorito. rs
    Amei a resenha... Bis... Bis

    Beijos, Milla Almeida.
    http://livrosporumbeijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é perfeito, um dos meus favoritos

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!