Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

13 de julho de 2014

Pirataria é crime

Olá minhas pessoas amadas. Como vocês estão?  

Hoje eu vim aqui mostrar para vocês uma coisa muito séria, que é crime, é ilegal e muita gente ainda comete. A pirataria, que é a venda e distribuição do material sem o pagamento do direito autoral. Durante o lançamento de livros "Princesa Adormecida", a escritora Paula Pimenta da série "Fazendo meu filme" e "Minha vida fora de série", falou sobre o assunto.
Ela retratou que é prejudicial a inúmeros autores nacional brasileiros e também do exterior que sofrem dificuldades no mercado editorial. Quando soube do caso, me lembrei do caso da leitora dela que estava digitando os livros e publicando na comunidade "Digitalização de livros do Orkut" no Orkut (lembra daquela rede social velhinha?).
Leia aqui o desabafo que a Paula Pimenta postou:
Imagem retirada do "Blog Fazendo meu Filme"
Se você conhece alguém ou é a favor de objetos piratas. Reflita. Isso é um grande incentivo CONTRA a leitura, criar uma história, escrever a história, revisar a história divulgar a história, foi tempo gasto, dedicação e esforço, tudo para sair perfeito e encantar ao olho de quem vê. E ver seu trabalho disponível seu trabalho ilegalmente? Além de tudo, viola os direitos autorais e você pode ser preso. Sem contar ser autor é uma PROFISSÃO, somos capitalistas e precisamos de dinheiro para sobreviver. Tente mudar a cabeça de pessoas assim.
Galera, espero que vocês tenham gostado deste post e ajude nessa causa. Espero vocês no próximo post. Beijos!

6 comentários:

  1. Oi Carolina :)

    Eu concordo plenamente com a Paula. Sou contra pdfs, apesar de que eles ajudam muita gente que não tem condição para compras livros. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ai, eu li o o post que triste dessa autora flor, mas a maioria dos meus livro eu compro, só que quero comprar e não acho que baixo, bonito post linda isso ajuda muito quem quer ser reconhecida, olha tem vídeo "SEU BLOG NO MEU VÍDEO" onde divulguei 11 blogueiras, e pretendo fazer isso mais para frente de novo, e tem vídeo SORTEIO de um TABLET e make francês, depois desse sorteio vou fazer SORTEIO de uma FILMADORA meu blog é magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pirataria é um assunto um tanto polêmico, pois quando se fala em pirataria, é importante dizer que a grande maioria das pessoas comete esse crime, as vezes sem nem saber. Quando se baixa uma música, é de certa forma um tipo de pirataria, fora o windows, que muitas vezes já vem pirateado e a pessoa nem sabe. Pirataria é algo que todos cometem, mas certos tipos, como esse de livros digitalizados é pior ainda, porque até mesmo nós, blogueiros, sofremos com isso quando vemos um texto nosso sendo copiada, como já aconteceu comigo e acredito com muitos blogueiros também. Gostei do post, é algo importante de se discutir. Beijos

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sempre fui contra o plágio e esses livros "e-books" digitalizados, tanto porque o livro-físico é muito melhor HSUAHS Mas realmente nós faz refletir esse texto da Paula, nós nunca vemos o quanto um autor de esforça pra fazer aquele livro que nós tanto gostamos, e não só o autor todas as pessoas envolvidas tbm, e digitalizar um livro simplesmente acaba com todo esse trabalho :/ É bem triste que isso ainda aconteça.
    Beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Pirataria é algo muito sério. Leio muito e-book, mas todos comprados na Amazon. O autor só terá ânimo para escrever se tiver seu reconhecimento e seu devido pagamento.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
  6. Nunca digitalizei ou copiei qualquer livro para a internet mas não posso negar que já li e leio muitos nesta ilegalidade. Mas minha consciência não me deixa em paz então mesmo que eu leia na "ilegalidade" sempre compro o livro tanto por prazer em tê-lo e poder reler a qualquer momento quanto por ter a consciência de como este meio alternativo de leitura é prejudicial para o autor.

    Beijos.
    http://livrosporumbeijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!