Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

20 de janeiro de 2014

Resenha: Fortuna a saga da riqueza - Cassia Cassitas


Título: Fortuna A Saga da Riqueza (2ª edição)
Autora: Cassia Cassitas
Páginas: 262


Minha opinião:  
   No livro “Fortuna: a saga da riqueza”, conhecemos a história de Ricardo, Carolina e Ana – personagens centrais da história. Ricardo e Carolina são casados, e ela está grávida.
   O livro se passa no ano de 2008, alternando-se com o passado (as datas não são precisas, mas são no século XX), contando sobre a vida do casal – em 2008 - , e a vida de Ana, no século XX. Os três têm ligação direta, e descobrimos isso ao longo do livro.
   Ricardo é economista e nos é apresentado no meio de uma crise econômica; ele tenta, a todo custo, mudar a visão de mundo que seus chefes e colegas de empresa tem em relação ao mercado econômico. Por tentar mudar a forma como eles pensam, Ricardo acaba ficando alucinado e cria problemas pessoais, afetando sua vida social e sua saúde, tanto física quanto mental.
   “Em determinadas ocasiões, Ricardo tinha a nítida impressão de que em suas mentes todo o resto se dissipava, como se não existissem pessoas, relacionamentos, muitas ate mesmo sucesso. O importante era o poder.” (pág 85).
   Dentro dessa trama conhecemos a história de Ana, uma mulher batalhadora que nos é apresentada com apenas 12 anos. Ela veio de uma família humilde, que vivia na Itália e foi para o Brasil na década de 1890, para trabalhar nas lavouras de café de São Paulo. Todavia, sempre fomentou o desejo de se tornar uma pessoa rica, por isso tentou vários “métodos” quando era jovem e foi passando para suas gerações.
   O livro nos apresenta dois contextos divergentes: o mundo em 2008 e o mundo do século XX, apresentando personagens com princípios e ideais controversos, porém com certa ligação. Há Joaquim, marido de Ana, que sempre viu o mundo de maneira diferente da dela, suscitando a ideia de que as necessidades primárias deveriam ser saciadas para que a vida pudesse continuar, sobrevivendo do “conceito ancestral de que a vida consistia na busca da subsistência” (pág 74), bastando apenas trabalhar para suprir suas necessidades fundamentais. E Ricardo, que em determinada parte do livro começa a acreditar que é disso que precisa: viver somente com o necessário, não necessitando de coisas supérfluas.
   Com uma narrativa de linguagem simples, Cassia Cassitas abordou temas diversos, tais como: consumismo, crise econômica, globalização, tecnologia, capitalismo, poder, pobreza, ética, respeito, questões de cidadania.
   Afinal, a fortuna consegue desestabilizar o homem? O desespero do personagem central, Ricardo, fica nítido no livro: ele percebe que o mundo, de fato, gira em torno do dinheiro, do poder, do capitalismo. É um ciclo vicioso que nem sempre fora dessa maneira, mas que, dia após dia, têm um aumento significativo.
   Uma aula de sociologia e de cidadania escrita em 262 páginas. A fonte e a diagramação são ótimas. A capa nos mostra dois “lados”, o mundo atual e o mundo do passado. Ótimo livro!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sobre a autora:

            Cassia Cassitas fez carreira na área tecnológica. Com vinte anos de atuação em grandes empresas no Brasil e exterior, participou de projetos inovadores e prospecção de novas tecnologias, sem se desvincular da área acadêmica. Como professora, integrou a equipe de várias instituições de ensino superior. Como aluna, especializou-se em Engenharia da Informação, Didática do Ensino Superior e Filosofia e Existência. Atualmente, Cassia estuda francês e inglês, é colaboradora da ISAE/FGV e participa ativamente de seminários e palestras. 
            Mãe de dois adolescentes que devoram livros, Cassia publicou sua primeira obra, Domingo O Jogo, em 2010, quando alcançou o topo do ranking dos livros eletrônicos mais vendidos no Brasil. Em 2011, lança a versão em inglês Sunday the Game. Em 2012, lança seu primeiro romance Fortuna A Saga da Riqueza, sobre a prosperidade de quatro gerações culminando na bolha imobiliária americana de 2008. Em 2013, lança a versão em inglês Saga of Wealth e a segunda edição de Fortuna A Saga da Riqueza.
Viajando assiduamente pelo mundo e pelos livros, Cassia Cassitas vive em Curitiba, com sua família, seus sonhos e livros.
   Para saber mais, clique aqui.





Um comentário:

  1. Adorei a resenha, parece ser bem interessante!


    Beijinhos,
    www.limaoealecrim.blogspot.com

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!