Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

22 de dezembro de 2013

Resenha: À primeira Vista - Nicholas Sparks


Título do livro: À primeira vista
Autor: Nicholas Sparks
Ano: 2012
Páginas: 256


“Tudo o que ele sabia era que os dois se encaixavam com perfeição e que ele sentia como se tivesse passado a vida inteira percorrendo um caminho que o levaria, inexoravelmente, até ela.”


   “À Primeira Vista” é a continuação do livro “O Milagre”, de Nicholas Sparks. Já fiz resenha sobre o livro “O Milagre” e vocês podem lê-la aqui.
   Sem dúvida os dois livros podem muito bem serem lidos separadamente, visto que Nicholas retoma fatos importantes relatados no primeiro livro. Jeremy Marsh é um cara de 37 anos que está prestes a se casar com Lexie, uma bibliotecária que mora numa cidadezinha pequena, Boone Creek. Ela está grávida e Jeremy vai deixar sua vida em Nova York para viver com Lexie.
   Poderia continuar a resenha da forma típica, mas prefiro alterná-la com comentários a respeito do enredo do livro. Pois bem, o começo é um tanto cansativo – digo que o livro é chato até a metade, para ser exata. Por que? Porque ocorrem fatos que não despertam curiosidade alguma no leitor e são bem óbvios.
   Jeremy se vê perdido na nova cidade, visto que é pequena e não tem o mesmo ritmo acelerado de Nova York, e por isso sua carreira como escritor está em risco devido aos bloqueios de criatividade que tem regularmente.
   Quando lemos a sinopse do livro temos convicção de que os temas principais são as incertezas que rondam Jeremy após o mesmo receber uma série de e-mails provocantes sobre seu relacionamento com Lexie. No começo até é isso mesmo, mas depois o foco muda completamente, fazendo com que o livro passe de chato para um pouco menos chato.
   Jeremy é extremamente irritante, imaturo, chato, teimoso, desequilibrado... chega a ser irritante ter que ler os primeiros capítulos, porque eles alternam-se entre os devaneios de Jeremy e a imaturidade do mesmo quando fala com Lexie.
   Confesso que estava ficando irritada com o livro, mas lembrei da fama de Nicholas e tentei relevar um pouquinho. Lá pela metade do livro, ele começa a ficar interessante, porque Nicholas cria toda uma história em cima da gravidez de Lexie,  fazendo os personagens sofrerem um pouco, e nós leitores, também. É interessante a quantidade de detalhes que Nicholas consegue trazer à cena que cria. Dessa parte em diante o livro é bom, porque é algo novo, há um novo Jeremy (menos chato, irritante e imaturo), e as coisas fluem mais rapidamente.  
   Porém o desfecho do livro é chocante e inacreditável. Depois que você passa a ter certeza que o livro está ficando legal e que é um tanto quanto interessante – se você quiser ler algo mais relaxante e clichê -, torna-se perceptível a forma como Nicholas consegue nos enganar.
   É um livro regular, confesso que não esperava constatar o que constatei quando terminei de lê-lo – porque, apesar de todas as críticas que esbanjei nessa resenha, o livro conseguiu com que eu refletisse sobre coisas da nossa vida. Acredito que Nicholas talvez queria isso mesmo: fazer com que seus leitores pensassem sobre suas vidas, seus amores, seus medos, suas angústias... Aliás, ele sempre consegue fazer isso nos livros dele.
   Se você gosta do Nicholas, vai gostar do livro. Mas se você não curte muito ou não gosta mesmo dele, vai achar meio chato e dramático. Dei 4 estrelas para ele, apesar de tudo. E fiquei com raiva do Nicholas no final, porque sim hahaha.


4 comentários:

  1. Eu já li "O Milagre" e não odiei o livro, só acho que ele está muito longe de ser um dos melhores do Nicholas Sparks. De qualquer forma, fiquei curiosa para ler essa continuação, o Jeremy e a Lexie não são um daqueles casais memoráveis do autor, mas ainda assim gostaria de saber o que aconteceria com eles... Fiquei um pouco decepcionada ao saber que o Jeremy é imaturo e irritante, mas fiquei bastante curiosa para descobrir que reviravolta é essa que faz o livro engatar. Curti a resenha e, OMG, já imagino que o final de "À Primeira Vista" deve ter sido tenso... hehe Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre tive o desejo de ler este livro mas não sabia se iria realmente gostar. Adorei a resenha e posso dizer que me incentivou muito a procurar e ler o livro.

    Beijos, Milla Almeida.
    http://livrosporumbeijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amo os livros do Nicholas Sparks, e esse é um que pretendo ler.
    http://linhasemaislinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom eu não sou fã do Nick, mas já assisti todos os filmes adaptados de seus livros e gostei muito... claro que Um amor para recordar está no topo da minha lista. É um filme que assisto, assisto e assisto e nunca enjoo, como ouvi bastante gente falando que o filme e diferente do livro, resolvi lê-lo, mas antes de comprá-lo eu ganhei de natal, fiquei feliz da vida rsrsrs. Bom voltando ao foco dessa resenha, eu não tenho vontade de ler esse livro não e agora que vc disse que até a metade é chatinho, perdi o interesse total... rsrsrsr Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!