Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Blog Archive

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

13 de agosto de 2013

Ser você


Eu era aquele típico de erva-daninha que não tem porque estar ali, mas também que não vai embora, alguém precisa lidar com a situação, arrancá-la e deixar secar no chão como aviso para não voltar atrás. Você me disse que não iria voltar, tantas vezes, porém ainda está aqui. Por quê? Talvez você precise de algum invasor, como eu. Quando te trato mal, meu amor, não leve a mal, eu ainda tenho medo de você, medo de sentir tanto, em um espaço tão pequeno, parece até que irá se expandir a ponto de sufocar. 

Sufocando. Você não sente isso quando estamos falando alto e dizendo coisas que não queremos de verdade? Eu sinto muito mais, sinto que a culpa é exclusivamente minha, como em todas as situações, mas quem disse que não é? Eu mesma comecei dizendo que era. Então tentarei ser o que não consigo ser, e conseguirei. Porque impossível mesmo é o meu péssimo hábito de fingir não ser, de não estar fazendo, de querer ser invisível quando sei que não posso. Está na hora de deixar os anos passarem, de ser melhor, o melhor que todos desejam e merecem. Ser você.



Ps: Esse texto também está disponível no meu novo blog: Borboletras!

7 comentários:

  1. Eu gostei tanto desse texto que perdi as palavras pra dizer o quanto eu adorei ele!
    É perfeito, a pessoa já se pega imaginando numa situação dessas como se eu fosse aquela mosquinha que está lá no fundo vendo a cena. Depois vendo o final, nossa ... me perdi em pensamentos de novo!


    Amei demais! E estou seguindo o Borboletras também porque eu simplesmente amei!

    onovocaraigual.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia!!

    Adorei o texto, bem simples e cheio de detalhes que prendem nossa atenção. Você escreve muito bem mesmo, seguirei seu blog. ♥

    Mil beijus querida...

    ResponderExcluir
  3. Muitooo obrigada pelos comentários dos dois! Fico feliz por encantar vocês com minha escrita e pensamentos! <3

    ResponderExcluir
  4. Julia gostei muito do seu texto <3 Até me identifiquei com algumas partes.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo, Julia!
    Adorei a comparação a uma erva-daninha. Realmente me fez ver imaginar a cena.

    ResponderExcluir
  6. Não gostei do texto, e sim adorei! Algumas partes se identificaram com algumas situações que estou passando.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada mesmo pelos comentários! Fico muito feliz por vocês se identificarem, é por isso que eu escrevo! <3

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!