Sobre nós

Seguidores

Curta!

Instagram

Twitter

Siga por e-mail

Eu leio Brasil

Meise está lendo

Isadora está lendo

Blog Archive

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

8 de fevereiro de 2013

Manhã, Tarde e Noite - Sidney Sheldon


Título: Manhã, Tarde & Noite
Autor: Sidney Sheldon
Ano: 1995
Número de páginas: 349
Gênero: Romance Norte-Americano
Editora: Record


Minha opinião: Manhã, tarde e Noite envolve mistério, romance e suspense. Começa com a misteriosa morte de Harry Stanford, um bilionário poderoso, que morre em circunstâncias suspeitas, quando ameaça mudar seu Testamento. Harry guarda grandes segredos, dentre eles uma filha fora do casamento (o que não é segredo para algumas pessoas de sua família, já que houve um grande escândalo quando a população da cidade descobriu seu caso com a governanta da casa, o que resultou no suicídio de sua mulher); além dessa suposta filha fora do casamento, Harry tem três filhos - Woody, Kendall e Tyler. Com a morte do pai, ambos animam-se para a leitura do Testamento, porém, quando todos estão reunidos na mansão de Rose Hill, aparece uma mulher dizendo ser a suposta filha de Stanford e herdeira também. Será que essa mulher é filha de Stanford? O que teria acontecido no dia de sua morte? O que estará escrito em seu Testamento?

   É o primeiro livro de Sidney Sheldon que eu li; confesso que não tinha ficado muito animada quando encontrei o livro por acaso no meio da bagunça da minha mãe (e adivinhem? ela nunca leu o livro, palmas!), enfim, ele está todo envelhecido, tadinho. Vamos dizer que sim, eu o julguei pela capa (estranha essa capa, não?). Mas, como diz o ditado: "Nunca julgue um livro pela capa"; acabei adorando o livro! Envolve um mistério maluco, e o livro prende sua atenção, de forma que você quer finalizá-lo o mais rápido possível para descobrir todo o mistério em questão. Ele me surpreendeu, sem dúvidas. No começo é um tanto chato, mas depois a história realmente toma rumo e te fascina! 
   Digamos que Stanford nunca foi um tipo de pai exemplar, mesmo sendo dono de uma fortuna incalculável. Logo após o suicídio da esposa, ele mandou os filhos (com idades entre 11 e 16 anos), para diferentes escolas internas, e durante as férias os enviava para diferentes "acampamentos de verão", de forma que não tivessem tanto contato entre eles. Grotesco, não? Os filhos cultivam remorso do pai, de forma que não esboçam tanto sentimento em relação a sua morte, a não ser alegria pelo Testamento. Em algumas passagens do livro senti até mesmo raiva de Harry, como é que ele podia ser do jeito que era? Mas a questão é: o que há no seu Testamento? Já que o mesmo morreu misteriosamente quando estava voltando de uma viagem para mudar o Testamento. O que vocês acham que aconteceu? Leiam, é incrível!

Trecho do livro: "Na verdade, havia dois Harry Stanfords... o público, que podia persuadir os passarinhos a sair da árvore do dinheiro, e o filho da puta que sentia prazer em destruir as pessoas. Era um homem encantador, mas podia se virar contra você como uma serpente. Tinha uma personalidade dividida... era ao mesmo tempo o encantador da serpente e a serpente".

E aí, alguém já leu o livro? Tem uma opinião oposta sobre ele? Comentem!

Classificação:  

Um beijo,
Renata.


6 comentários:

  1. Não é segredo que sou uma grande fã do Sidney Sheldon, mas essa livro eu ainda não li. Contudo já ouvi falar dele e tenho muita vontade.

    Vc disse lá no blog que quer ler outros dele, e digo que não desista disso. Sidney Sheldon é um grande escritor e vale a pena ler vários dele.

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Meu marido adora Sidney Sheldon, mas esse livro foi o único que ele não gostou. Todos os outros são ótimos ele diz. Eu só li até agora 'o outro lado da meia noite' e fiquei hipnotizada, é excelente. Bjusss!

    Kivia
    cabanadoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas como disse no post, esse livro foi o primeiro dele que eu li, portanto não tenho como classificar em relação aos outros, mas pretendo ler muuuuuuitos outros dele, inclusive esse aí que você citou. Obrigada por comentar, volte sempre! Beijos,
      Renata.

      Excluir
  3. Eu gosto de suspense assim, é muito legal, vc termina o livro em um minuto de tant curiosidade pra saber o que vai acontecer.
    Minha tia sempre me fala para ler Sidney Sheldon, já vou add esse na minha "listinha" do skoob.
    Bjos
    http://www.bibliotecavirtu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhh
    eu amo o Sidney Sheldon, já li quase todos dele (só faltam os ultimos)
    tinha um monte!!!! dp acabei doando e tals
    bjkassss

    ps: leia outros titulos dele que vc vai gostar tb!

    Leila

    ResponderExcluir
  5. Amo Sidney Sheldon já li quase todos. recomendo

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!