Sobre nós

Seguidores

Curta!

Instagram

Twitter

Siga por e-mail

Eu leio Brasil

Meise está lendo

Isadora está lendo

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

28 de julho de 2014

Resenha do livro Claro que te amo! - Tammy Luciano



Olá, queridos! Quantas saudades senti de voltar aqui, ao espaço, e receber calorosamente esse carinho de compartilhar mais novidades da nossa literatura. Vamos lá, conhecer um pouco do trabalho da Tammy Luciano, que tive a feliz oportunidade de ler e, honestamente, minhas impressões sobre o seu trabalho não poderia ser diferente.

Tammy Luciano é uma autora nacional que dispensa qualquer comentário. Com o currículo vasto, que conta com outros trabalhos literários, entrevistas engraçadíssimas em programas de TV e participação ativa na vida dos seus leitores, Tammy divide o seu tempo entre o amor incondicional pela arte de escrever e os vários eventos para os quais é habitualmente convidada. Seja como autora, amiga, conselheira amorosa ou diplomata das melhores relações, ela se sobressai com o sorriso contagiante, com sua simpatia incomparável e sua preocupação com questões que dizem respeito à literatura nacional, sendo uma inspiração por conta de suas conquistas e da sua brilhante caminhada sempre polvilhada de sucessos e boas ideias.

Bem, o amor que Tammy Luciano dedica a questões particulares de sua vida não é “um livro fechado” conforme pensam alguns, pelo contrário. O seu amor pela forma e dinâmica da realidade dos acontecimentos é uma atividade constantemente retratada em seus livros, motivos que valorizam ainda mais a sua técnica. Não poderíamos enxergar outra coisa em Claro que te amo! (Editora Novo Conceito), senão a entrega completa da autora à sua personagem Piera que – longe do nome incomum – é um brilho que ofusca o comportamento do próprio leitor. Piera é a personificação e a caricatura de uma jornada cheia de desvios, típica do mundo que cerca os adolescentes e suas manias. Piera é alguém que supera qualquer obstáculo, atravessa oceanos para conquistar o que quer e, mais ainda, é dona de uma personalidade forte, poderosa e intuitiva, que não escapa de uma mera observação. 

Talvez, o ponto que costura de modo conseqüente o resultado da cadeia de acontecimentos que se sucedem na vida da Piera é exatamente o afinco, a insistência e certeza de que nada poderá anular a sua fugacidade.

 Até que, obra do destino ou não, as estruturas do seu conformismo é abalado pela notícia do casamento do ex-noivo, André, um relacionamento sólido que, por força das próprias desgraças, chega ao fim, deixando para a pobre Piera um legado de tristezas, de dor e um poço de pensamentos infelizes. Esses episódios acompanham o leitor durante a maior parte da leitura do livro e, enquanto naturalmente acontecem, é possível perceber as transformações da personagem e mudança do retrato familiar, da qual vivia afastada, exceto a relação construída com o pai, que é honesta, humana e tocante o suficiente para manter acesa a torcida pelo final feliz.
 
   
 Narrado em primeira pessoa, Claro que te amo! salta aos olhos, destacando o lado belo, humilde e frágil das pessoas. E esses sentimentos provocados pela leitura são justificados pelos ensinamentos e mensagens de conforto que parecem necessários. Não é absolutamente possível prever como as confusões e as armações da Piera terminarão, mas a condução da Tammy para o enredo culmina num desfecho plausível, inesperado e provocador... provocador a ponto de trazer alívio. Com amadurecimento e competência de uma autora consagrada no mercado literário nacional, a Tammy Luciano mistura, em sua obra de ficção, elementos típicos do gênero, não decepcionando na construção e nos diálogos leves, sutis e abertos. A Editora Novo Conceito, também, ganhou pontos com a diagramação, organização do miolo e páginas recheadas de arabescos com marca d’água belíssimas, agregando mais valor ao livro que, definitivamente, é uma obra-prima. Em todos os sentidos.  

     

TAG: Dia da semana em livros

   Vi essa tag no blog Cafeína Literária, mas quem a criou foi a Pam, do Garota It. Ela consiste em escolher um livro para cada dia da semana, conforme a descrição.



  • Domingo
   Um livro que você não quer que termine ou não quis que terminasse


Não quis que terminasse porque me apaixonei pelo Sam e pela sua história de vida. Se você ainda não o leu, o leia! Tem resenha aqui.













  • Segunda
   Um livro que você tem preguiça de começar.
Créditos ao blog Psycho reader

  Não sei o motivo concreto, mas sempre o deixo "pra depois". Acho essa capa linda demais, e a premissa do livro é ótima! Vai entender, né? haha








  • Terça
   Um livro que você empurrou com a barriga ou leu por obrigação

Livros de escola geralmente são lidos por obrigação... um deles que li e não gostei muito foi Helena; talvez por ter o lido rápido ou por não querer ter o lido, ele não me chamou a atenção e eu fiquei com uma péssima impressão da Helena haha.











  • Quarta
   Um livro que você deixou pela metade ou está lendo no momento

Créditos ao blog Além do livro  
Sempre vou citá-lo nessa parte, é inevitável! haha. E os motivos continuam os mesmos... não gostei da mãe dele e ela enrola demais pra explicar coisas que eu raramente consigo entender. Dizem que ele fica bom da metade para o final... eu espero.












  • Quinta
  O livro de quinta. Um livro que você não recomenda.

Créditos ao blog Isn't Mandy Lovely
Os 13 porquês. Podem até me julgar, mas não é um dos meus livros favoritos; a premissa tinha me deixado curiosa, no entanto durante a leitura fiquei receosa. Não sei se é um bom livro pra todo mundo o ler, porque fala do suicídio de uma garota; e ela conta os porquês de ter cometido o mesmo. Parece um tanto quanto depressivo, não me senti tão bem o lendo.



  • Sexta

   Um livro que você quer que chegue logo (lançamento ou compra)

Como não compro mais livros há dois meses já (sim, tô com abstinência haha), e nem tô muito ligada nos lançamentos, vou responder diferente essa pergunta... Vou escolher um livro que eu estou querendo e que foi recém lançado, mas eu terei que esperar para lê-lo, porque a escola não me deixa haha. Estudo Independente, segundo livro da trilogia Teste.











  • Sábado

   Um livro que você quis começar novamente assim que ele terminou.

Jardim de Inverno porque é simplesmente perfeito! Chorei e ri o lendo.















   Não vou taggear ninguém (até porque nem lembro se era necessário haha), mas quem quiser fazer, faz e manda o link nos comentários! :D

 

27 de julho de 2014

TAG: Abrigo Nuclear

Olá, pessoal! Como vocês estão?

Como a falta de inspiração resolveu bater por aqui essa semana, resolvi responder uma TAG - que sempre nos salva nessas situações hahahaha - e a escolhida foi a do Abrigo Nuclear, criada pela Taryne.

“Imagine que uma grande catástrofe vai se abater em breve sobre o planeta Terra e você tem a oportunidade de se esconder em um abrigo nuclear! Cada pessoa que vai parar nesse lugar tem direito a levar apenas 10 livros para compor a biblioteca. Porém, seus escolhidos tem que estar de acordo com algumas categorias…”
1. Um livro clássico que precisa ser lido 

Dom Casmurro - Machado de Assis: Sim, me julguem, mas eu sou leitora assídua, adoro livros nacionais e nunca li Dom Casmurro! Já ouvi tanto falar desse livro que ainda não acredito que sou aparentemente a única que não teve a oportunidade de ler, mas poderei fazê-lo logo graças a minha irmã linda (obrigada Ray! :D).













2. Um livro que está na sua lista de espera faz tempo

Fiquei com o seu número - Sophie Kinsella: Comprei na promoção de 5 por 50 do Submarino no ano passado e preciso começar a ler logo, porque já li O Segredo de Emma Corrigan, da mesma autora, e ameeeei! A Sophie tem uma escrita e tanto e morri de rir com esse outro livro dela - a leitura fluiu tanto que, se eu não me engano, li em apenas dois dias!












3.  Um livro que tem um ótimo "elenco" de personagens

Deixe a neve cair - John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle: Quem já leu Deixe a neve cair sabe do que estou falando, certo? O livro é composto de 3 contos, todos no mesmo dia, com histórias que acabam se "encontrando". Não sei explicar muito bem agora, mas se vocês lerem a resenha que fiz do livro no blog acredito que vão acabar entendendo melhor!











4. Um livro que não sai da sua mesa de cabeceira

O Segredo de Emma Corrigan - Sophie Kinsella: Não tenho muito o hábito de reler livros a não ser que eu realmente tenha gostado muito deles, mas o último livro que reli foi O Segredo de Emma Corrigan, da Sophie Kinsella. Como eu disse anteriormente, gostei muito do livro e é super gostosinho de ler, aliás, recomendo pra quem quer ter o hábito de leitura e quer começar com um livro "levinho".










5. Um livro que te provoca reações físicas

A Culpa é das Estrelas - John Green: Meio previsível, mas acho que o livro que mais me emocionei lendo foi A Culpa é das Estrelas - e Marley e Eu, faz muito tempo que eu li, mas lembro que precisei parar de ler pra secar as lágrimas hahaha. Acredito que eu tenha me emocionado mais com o livro do que o filme, apesar de os dois terem mexido bastante comigo.











6. Um livro que te ganhou pelo título

A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista - Jennifer E. Smith: Ganhou pelo título E pela capa, mas acho que ainda assim vale, certo? hahaha. Não é muito comum ver por aí um livro com um título tão grande e às vezes dá até preguiça de digitar tudo, mas gostei muito muito muito desse livro e quero ler mais uma vez pra matar a saudade.











7. Um livro que te fez pensar sobre ele por vários dias

A menina que não sabia ler - John Harding: Não é que o livro não seja bom, mas que é tenso, é. Peguei emprestado da minha prima achando que seria uma coisa e foi outra totalmente diferente, e a protagonista é meio, digamos... diferente das protagonistas dos outros livros que costumo ler. Não tem uma história muito convencional e foge muito de tudo que eu já li. De qualquer forma, não sei se recomendaria (é sério gente, o livro não é ruim, mas também não é bom... nem sei como explicar, mas acho que vocês já devem ter vivenciado essa sensação de não saber ao certo o que acham de um determinado livro. Né?).







8. Um livro que você acha que todo mundo ia gostar de ler

Eu Sou o Mensageiro - Markus Zusak: Gente, esse livro é tudo, sério. É meu amorzinho desde 2012, foi um dos primeiros livros que eu li e é claro que eu recomendo pra vocês, pros amigos de vocês, pros amigos dos amigos e pro mundo inteiro. Leiam, sério. Tem uma história um pouco diferente do convencional também, mas no sentido bom, e o final te deixa muito surpresa. Recomendo demais demais demais <3








9. Um livro que você leu por obrigação (na escola, faculdade), mas mesmo assim gostou.

Ana Terra - Erico Verissimo: Não é um livro que eu tenha amaaado nem nada do tipo, mas foi um dos poucos livros que li pro colégio e gostei (e como foi o mais recente, decidi colocar na lista). Erico Verissimo sempre representando muito bem a literatura nacional <3











10. Um livro que você amou ganhar de presente.

Cidades de Papel - John Green: Acho que o que eu mais fiquei feliz em ganhar foi Cidades de Papel, do John Green. Não está nem perto do topo dos meus livros preferidos (e sim, eu adorei o livro e tenho grande apreço pelo John, só que achei o final meio frustante :/), mas lembro que era doida pra ler no ano passado e não há sensação melhor pra um leitor quando ele ganha um livro que estava esperando há meeeeses, certo? Tirar da embalagem, se deparar com a capa, cheirar, folhear as páginas... Essencial define, fala sério! haha









Agora eu quero saber de vocêsss! Se houvesse uma grande catástrofe e vocês pudessem levar só 10 livros pra compor uma mini biblioteca, quais vocês levariam? Me falem nos comentários, hein!

Beijos, Isa!

Tour em São Paulo: Museu da Imagem e do Som

Nos últimos dias, quem não ouviu falar da exposição do "Castelo Rá-Tim-Bum" que está rolando lá no MIS? Hoje eu vim aqui apresentar o museu e trazer algumas informações sobre essa exposição, lá vamos nós:
MUSEU DA IMAGEM E DO SOM - MIS
Fundado em 29 de maio de 1970, já vinculada à Secretaria de Estado da Cultura, a instituição imantou a cena artística com iniciativas de sucesso como a Mostra do Audiovisual Paulista e o Festival Internacional de Curtas.O MIS soube oferecer visibilidade e audiência às boas obras de cinema, vídeo, fotografia e música, sem deixar de atender à documentação e conservação de importantes legados artísticos de imagem e som, assim como de história oral. Com 38 anos de existência, o Museu da Imagem e do Som se reinventa e reabre totalmente renovado e preparado para fazer e expor a arte do século 21.
Os ingressos podem ser comprados na bilheteria do Museu, para o mesmo dia da visita.
O MIS está com a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum, até o dia 12 de outubro de 2014 e é uma ótima oportunidade para todos os jovens, adultos relembrarem da infância e as crianças viveram dentro do cenário que ainda anima as telinhas. 
Andei pesquisando o conteúdo para esse post e vi que o Castelo Rá-Tim-Bum está passando na TV Cultura todos os dias as 11:30 e também as 19:30. Não é demais? Chega de lenga-lenga e agora vou mostrar para vocês a exposição: 


Tem outras atrações rolando por lá, mas não deu vontade de ir lá matar a saudades da infância? Pois é, estarei indo até lá este mês. Chame os pivetes! Espero que tenham gostado do meu post e vejo vocês em breve. Beijos
25 de julho de 2014

Tag: 100 perguntas que ninguém pergunta

Oi, gente!
Eu vi hoje no blog da Hannah Mila e fiquei interessada em fazer, então por quê não? Caso vocês façam no blog de vocês, avisem aí nos comentários.





1: Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada?
Com certeza fechada.

2: Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis?
Não, mas nunca se sabe.

3: Você dorme com seu edredom dobrado pra dentro ou pra fora?
Pra fora! lol

4: Você já roubou uma placa de rua?
Não!!

5: Você gosta de usar post-it?
Não costumo usar, mas acho útil.

6: Você corta cupons, mas depois nunca usa?
Não uso cupons.

7: Você prefere ser atacado por um urso ou um exame de abelhas?
Por um urso, acho.

8: Você tem sardas?
Nope.

9: Você sempre sorri para fotos?
Sim :D

10: Qual é a sua maior neura?
Eu sinceramente não sei.

11: Você já contou seus passos enquanto você andava?
Quem nunca?

12: Você já fez xixi na floresta?
Hm, não que eu me lembre.

13: E quanto a fazer coco na floresta?
Não.

14: Você dança, mesmo se não tiver música?
Claro.

15: Você mastiga suas canetas e lápis?
Sim... ops.

16: Com quantas pessoas você já dormiu essa semana?
Nenhuma.

17: Qual é o tamanho da sua cama?
Cama de solteiro.

18: Qual é a música da semana?
Eu diria que For The First Time in Forever, de Frozen. Vi recentemente e acho que viciei.

19: O que você acha de homens que usam rosa?
Nenhum problema, oras.

20: Você ainda assiste desenhos animados?
Quando eu ligo a TV e está passando, claro.

21: Qual é o filme que você menos gosta?
Hm... Não consigo lembrar o nome, mas é um sobre o jogo do copo, que é tipo de 2000 e pouco ou até antes. Ou então aqueles filmes antigos sem falas em geral, que não envolvem nem terror nem humor.

22: Onde você enterraria um tesouro escondido, se você tivesse algum?
No jardim do meu prédio, hehe.

23: O que você bebe com o jantar?
Água. <3

24: No que você mergulha um nugget de frango?
Em nada.

25: Qual é a sua comida favorita?
Acho que salmão. Ou temaki. Ou temaki de salmão.

26: Quais filmes você poderia assistir várias vezes e continuar amando?
Confiar e Os Vingadores.

27: Última pessoa que você beijou/beijou você?
Namorado.

28: Alguma vez você já foi escoteiro(a)?
Nah.

29: Você posaria nua em uma revista?
Não!

30: Quando foi a última vez que você escreveu uma carta para alguém no papel?
Ah, há alguns meses.

31: Você pode trocar o óleo de um carro?
Nunca tentei e aposto que não ia conseguir sozinha.

32: Já obteve uma multa?
Não dirijo ainda.

33: Alguma vez ficou sem gasolina?
Não.

34: Tipo favorito de sanduíche?
O clássico peito de peru com queijo.

35: A melhor coisa para comer no café da manhã?
Não quero fazer propaganda, mas amo aqueles bolachas Belvita... nhame.

36: Qual é a sua hora de dormir?
Não tenho horário, mas normalmente vou depois das 23h.

37: Você é preguiçosa?
Tive preguiça de ler essa pergunta.

38: Quando você era criança, o que você vestia para o Dia das Bruxas?
Olha, pra ser sincera, eu nem lembro.

39: Qual é o seu signo astrológico chinês?
É errado eu não saber?

40: Quantos idiomas você fala?
Acho que fluentemente só português (dã) e inglês.

41: Você tem alguma assinatura de revista?
Acho que só a Veja.

42: Quais são melhores, Lego ou Logs Lincoln?
Lego.

43: Você é teimoso(a)?
Não que eu saiba.

44: Quem é melhor... Faustão ou Silvio Santos?
Não assisto a nenhum deles, então não sei.

45: Já assistiu alguma novela?
Eu assistia quando eu era menor, mas hoje em dia nem ligar a TV eu faço mais. E bom... eu amava RBD.

46: Você tem medo de altura?
Sim, sim.

47: Você canta no carro?
Não.

48: Você canta no chuveiro?
Faço shows no chuveiro, isso sim.

49: Você dança no carro?
Não.

50: Alguma vez usou uma arma?
Não...

51: A última vez que você teve um retrato tirado por um fotógrafo?
Acho que quando eu fui num zoológico no começo do ano.

52: Você acha que os musicais são legais?
Em geral, sim.

53: Natal é estressante?
Eu nunca me estressei no Natal. lol

54: Nunca comeu um Pierogi?
What?

55: Tipo favorito de torta?
Torta de limão lovers.

56: O que você queria ser quando era criança?
Cantora, óbvio.

57: Você acredita em fantasmas?
Não sei.

58: Já teve um sentimento de Deja-vu?
Várias vezes.

59: Toma uma vitamina diária?
Nah.

60: Usa chinelos?
Claro.

61: Usa um roupão de banho?
Nah, nem tenho um.

62: O que você usa para a cama?
Pijama (?)

63: Primeiro show?
Da minha banda favorita, The Pretty Reckless, em 2012.

64: Wal-Mart, Target e Kmart?
Walmart.

65: Nike ou Adidas?
Qualquer um. Os dois são iguais pra mim. lol

66: Cheetos ou fritos?
Nenhum.

67: Os Amendoins ou sementes de girassol?
Amendoins.

68: Já ouviu falar do grupo de Tres Bien?
Não :o

69: Já teve aulas de dança?
Já sim. Já fiz jazz e hip hop.

70: Existe uma profissão que você imagine fazer no seu futuro?
Por enquanto design gráfico.

71: Você consegue enrolar sua língua?
Consigo dobrar, serve?

73: Você já chorou por estar feliz?
Já chorei enquanto estava fangirling, serve?

74: Possui algum disco de vinil?
Nah.

75: E uma vitrola?
Nah.

76: Você utiliza incenso regularmente?
Não.

77: Já se apaixonou?
Aham.

78: Quem você gostaria de ver em um show?
Mayday Parade e Simple Plan.

79: Qual foi o último show que você viu?
Do Fall Out Boy, dia 21 de maio desse ano. :3

80: Chá quente ou chá frio?
Não gosto de chá.

81: Chá ou café?
Nenhum. Ew.

82: Açúcar ou adoçante?
Nenhum.

83: Você sabe nadar bem?
Não nado há muito tempo, então não sei.

84: Você consegue prender a respiração sem segurar seu nariz?
Sim.

85: Você é paciente? 
Depende da situação e do meu humor.

86: Dj ou banda, em um casamento?
Acho que os dois.

87: Já ganhou um concurso?
Não. :'(

88: Já fez alguma cirurgia plástica?
Não e nem vou.

89: Quais são as melhores azeitonas?
Não gosto de azeitona.

90: Você faz tricô ou crochê?
Nenhum.

91: O melhor lugar para uma lareira?
Realmente não sei.

92: Você já viajou pra fora do seu país?
Já sim.

93: Que lugares você pretende conhecer?
Japão, Canadá e Inglaterra principalmente.

94: Qual era a sua matéria preferida no Ensino Médio?
Química ou Matemática... é.

95: Você esperneia até conseguir as coisas do seu jeito?
Não.

96: Você tem filhos?
Não. Ainda bem.

97: Você quer ter filhos?
Não quero.

98: Qual é a sua cor favorita?
Hm... preto ou vermelho. Não sei se tenho uma favorita pra ser sincera.

99: Sente falta da sua infância?
De muita, muita coisa. É uma das coisas que mais sinto falta.

100: Porque você continua com o blog?
Sou colaboradora, mas gosto demais de fazer parte.



20 de julho de 2014

11 dicas de sobrevivência na Bienal do Livro

Olá minha gente e vamos logo ao que interessa! =)

Mais informações no site: http://www.bienaldolivrosp.com.br/

Primeira dica: Salto alto, sapatos apertados, roupas desconfortáveis, pode deixar no guarda-roupa! Use roupas confortáveis e sapatos baixos para não incomodar você.

Segunda dica: Piquenique na Bienal! Sim, isto mesmo! Leve água, bolacha, lanches, pois a fila para comprar comida/bebida é enorme e o valor é pouco prejudicial ao seu bolso.

Terceira dica: Aproveite o primeiro dia e o último! O primeiro é pelo motivo óbvio que estará vazio, isto pode influenciar nos preços que podem dar uma quedinha para atrair o publico para seus estandes. O último estará cheio, mas.. terá promoções porque nenhum vendedor que voltar com estoque para casa.

Quarta dica: Programe-se. Veja que dia, a que horas o seu autor predileto estará por lá. Leve uma lista com livros que você queira, para ter uma noção de quanto irá gastar.

Quinta dica: Imprima um mapa do local, pois na hora que você quiser ir de uma editora para outra, será mais fácil para você localizar. E é claro, que nós não sabemos se irão distribuir na porta.

Sexta dica: No ato da compra, compre todos os livros da mesma editora de uma vez. Mas, por quê? Porque dependendo da quantidade, pode rolar um descontinho! (Viva o bolso)

Sétima dica: Aproveite os marcadores e brinde, pois pode ser a única chance de você ter um marcador daquele livro que você ama taaanto.

Oitava dica: Sabe aquele seu amigo que você conheceu através de blogs? Marque com ele de se encontrarem em algum estante em tal hora. Esse é o momento certo, pois qual evento maior junta todos os fanáticos por livro?

Nona dica: Não compre os livros por impulso, lembre daquele nosso velho amigo "Submarino" que vende livros baratos, pense o quanto você gastaria lá e se vale apena mesmo aquela promoção. Leia também a sinopse e pense: Será que vou gostar?

Décima dica: Leve uma mochila espaçosa! Se você é daqueles que junta dinheiro o ano inteiro para fazer um grande estoque de livros, piorou! Imagina de estande em estande você parar para pegar um livrinho, mesmo com a sacola, seus dedos não irão aguentar.

Décima primeira dica: Chegue bem cedo, seja no evento ou na fila do seus autores favoritos. Na fila do autor, você deve ir pelo menos com 1h de antecedência. No evento, saia de casa com horas antes, para na hora que chegar lá você pegar o evento vazio e poder andar mais.

Então é isto galera, espero encontrar vocês por lá, estarei na fila da Paula Pimenta, da Bruna Vieira, da Thalita Rebouças, da Kiera Cass, estarei cirulando no evento. Quem sabe a gente não se encontra.  Mas, me digam, estão ansiosos? Querem ver algum autor em específico? Me mostra os títulos que irá comprar. Beijos, até mais.. :) 


19 de julho de 2014

TAG: Leituras de Julho

Oi gente!

Julho foi e, de fato, está sendo o mês mais "movimentado" pra mim em relação às leituras. Por quê? Porque só nesse mês minha amiga, a Sara (e qualquer pessoa que acompanhe o blog com certeza a conhece, porque ela é a pessoa que mais me empresta livros nesse mundo todo e é claro que eu já citei o nome dela 356435464 vezes aqui hahahaha) adquiriu muitos livros novos e ela foi me emprestando conforme terminava pra que eu pudesse ler também <3 Não sei se alguém se lembra de um post que fiz aqui no blog no ano passado que dizia que eu a incentivei a ler, mas agora está meio que sendo ao contrário: ela está basicamente comprando todos os livros que eu venho sonhando há meses e fica meio difícil não ler quando eles estão bem ao seu alcance, certo? Então hahaha Vou começar esse post agradecendo a Sara, então, por ser uma amiga muito linda que me atura de segunda à sexta, todas as manhãs, e que me empresta livros sem nem hesitar. Obrigada Sarilda! <3

Enfim, gente, agora vou parar de falar e começar logo a tag haha.

Minhas leituras de Julho são:

Créditos ao blog We Want Paris pela imagem 
  • Insurgente - Veronica Roth
Segundo volume da trilogia de Divergente. Peguei emprestado da Sara, já terminei de ler e amei! Apesar de ter gostado bem mais de Divergente e estar gostando mais de Convergente no momento, Insurgente também é super digno de salva de palmas (somos apresentados a vários novos personagens, cenários, e vemos como Tris Prior lida com cada uma das escolhas que precisa fazer - apesar de isso ser visto em todos os livros da trilogia, mas ok, hahaha).
  • Convergente - Veronica Roth
Minha leitura do momento! Já estou na metade de Convergente e estou adorando gente, adorando, adorando, adorando! Também peguei emprestado da Sara e ao mesmo tempo que quero chegar logo no final pra ver como tudo vai acabar, também não quero terminar porque essa será de alguma forma o meu "adeus" definitivo à trilogia.

Créditos ao blog Parafraseando Livros pela imagem
  • Uma Mulher, Um Homem, um Drink - Natalia Von Poser (confira resenha aqui!)
Recebi de parceria da autora Natalia Von Poser no mês passado e li há cerca de 2 semanas. Gostei muito também! Um chick-lit nacional que mistura humor, romance e decisões, recomendo demais!

Créditos ao blog Who Is Lara pela imagem
  • A Escolha - Kiera Cass
Nem sei o que falar de A Escolha. Desde que terminei A Elite, no ano passado, repetia pra mim mesma todos os dias que compraria no primeiro dia do pré-lançamento e agora 4 meses já se passaram e nada do livro na minha estante hahahaha Mas, por sorte, a Sara comprou o livro recentemente e vai me emprestar. E é como eu disse de Convergente: ao mesmo tempo que sou doida pra terminar logo e ver o fim da história, também não quero dar adeus à essa trilogia que habita o meu coração, minha estante e o meu Skoob há mais de 1 ano...

Créditos ao blog Mudando de Assunto pela imagem
  • Geek Love - Eric Smith
Recebi como parceria da editora Gente e ameeei, muito engraçado! hahaha. Quem se considera geek/nerd vai amar o livro, porque além de ensinar como conquistar uma garota nerd (ou um garoto, depende de quem está lendo né, hahaha, apesar do livro ser mais voltado ao público masculino), também possui várias referências de séries, filmes, livros e quadrinhos super engraçadas! E a diagramação do livro então? Confesso que as folhas brancas definitivamente não me conquistaram, mas as ilustrações sim! São como as de um vídeo-game, e o livro todo é basicamente trabalhado nisso. Já fiz resenha no blog, clica aqui pra ler :D


  • A Casa da Poeira e dos Sonhos - Brenda Reid
A Casa da Poeira e dos Sonhos foi um livro que recebi há muito tempo como parceria com a Editora Lafonte e que acabava deixando pra ler depois por causa da escola, dos outros livros de parceria que já estavam na frente, etc. Acabou que eu demorei um tempão pra finalmente terminar o livro, mas quando terminei valeu super a pena porque eu gostei muito! Em breve resenha. :)

Então é isso, pessoal! Essas são as minhas leituras de Julho. E as de vocês, quais foram? 

Beeeijos, Isadora!
18 de julho de 2014

[DIY] Decoração para a parede


Alô, gente bonita! Como estão? Com as voltas às aulas eu vou perder um pouco do ritmo - que eu já não tinha -, então voltamos a Era dos DIY's simples e básicos, okay?
Se você é aquela pessoa que adora decoração, tem um pedaço da parede em branco e não tem o que preencher com ela... O DIY de hoje é pra você! E se você não se encaixa nessa situação, continue lendo mesmo assim, pois a curiosidade mata o gato (sempre).
No DIY de hoje: frases decorativas!

Materiais:

- Revistas;
- Tesoura;
- Fita crepe ou adesivo dupla-face;
- Lápis.


1. Procure por frases inspiradoras que te agradem e anote em um papel. Lembre-se de que o tamanho da frase depende do espaço livre que você tem disponível! Pode ser trecho de música, filme, livro (<3), etc. Sugestão de sites: We Heart It, Pinterest.

2. Rasgue, com cuidado, algumas folhas de revista (a quantidade vai depender de quantas letras há a sua frase). Corte ou rasgue-as ao meio.

3. Com um lápis, vá desenhando as letras de cada palavra contida na frase.
4. Corte as letras.
5. Forme a frase com todas as letras já recortadas e vá planejando onde cada palavra irá ficar.
6. Com a fita crepe ou dupla-face, vá com pedaços pequenos preenchendo o verso.
7. Cole tudo na parede da maneira que desejar e... Voilà!

Sugestão de frases:

"Alguns infinitos são maiores do que outros."
"Remember why you started."
"O que é a vida sem risco?"
"Forget that idiot."
"Não vale a pena sonhar e esquecer de viver."
"Okay? Okay."

P.S.: evite pegar páginas que tenham a coloração semelhante com a da sua parede.

Espero que tenham gostado. Obrigada pela atenção! Mandem sugestões do que vocês querem ver aqui pelos comentários.

Beijos e até a próxima! <3


16 de julho de 2014

Notícias, babados e bombas: A escritora Bruna Vieira terá mais um romance na nossa estante!

"De Volta Aos Sonhos", como será chamado o novo livro, será lançado em agosto.Ontem, dia 15 de Julho (aniversário da minha mãe), a Capricho publicou a capa do livro e também o nome, ele irá fazer parte da sério "Meu primeiro blog", será lançado pela Editora Gutenberg na 23º Bienal Internacional do livro em São Paulo (se preparem, logo vem post sobre a Bienal!) 


No twitter a jovem, Bruna Vieira, disse o dias que estará na Bienal:
Ela também estará dia 24 com a Paula Pimenta na Arena Cultural.

Atendendo o pedido das fãs, ela criou uma enquete no seu blog (clique aqui!) para decidir para qual lugar ela irá lançar o seus livros, ou melhor a #TourDVAS. Entre lá e vote para que a fofa da Bruna, passe na sua cidade. 
Veja só como ficou a votação após os 20.000 mil votos: 



Ficaram ansiosos? Já leram o último lançamento que foi o "A menina que colecionava borboletas"? Então, é isto pessoal. Agradeço a todos pelo carinho que vocês tem com o blog "Viciadas em Livros". Espero vocês por aqui no próximo post e espero que tenham gostado desta notícia. Beijos carinhosos para todos vocês

14 de julho de 2014

Novidade Editora Lafonte



Culinária mineira será tema de enredo de samba da Salgueiro em 2015
   Livro 'História da Arte da Cozinha Mineira por Dona Lucinha' foi inspiração.
A cozinha regional será abordada de maneira ampla no desfile.


   "A escola de samba carioca Salgueiro escolheu como tema enredo para o carnaval 2015 a culinária mineira. Segundo revela a diretora da agremiação, Regina Celi, a inspiração surgiu a partir do livro “História da Arte da Cozinha Mineira por Dona Lucinha”; literatura que conta a construção da cozinha do estado a partir da evolução dos fogões. Contudo, a história da cozinha regional será contada de maneira ampla no desfile."


Dona Lucinha

   O restaurante foi fundado em 1990 e já soma 24 anos de trajetória. Mas a cozinheira Dona Lucinha trabalhou por 40 anos viajando pelo Brasil, em festivais que já levavam a cozinha do estado a vários outros lugares.

Uma das filhas de Dona Lucinha, Márcia Clementino acredita que a mãe contribuiu para semear o terreno atualmente desfrutado pela culinária local. Segundo ela, a mãe está orgulhosa e realizada pela homenagem, embora não esperasse que seus passos iniciados na fazenda onde morava, no Serro, chegassem a tanto. 

Confira a notícia na íntegra clicando aqui.