Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

28 de fevereiro de 2014

Tutorial: como passar qualquer e-book para iPod touch, iPhone e iPad

Olá gente bonita! Como vão? Ale está de volta, mas desta vez nada de DIY! [coro de choro].
O planejado era eu ensinar vocês a fazer uma varinha estilo Harry Potter, mas tive alguns problemas pessoais que me prenderam até metade da semana, então não deu tempo de fazer, tirar fotos e tudo mais. Fica para o próximo post, certo?
Minha segunda opção era fazer um post sobre o sensacional "Destrua Este Diário" da Keri Smith, entretanto, chegaram antes de mim aqui [chora]. Confiram o post à respeito do livro logo mais a baixo!
Então, quebrei a cabeça sobre o que poderia fazer para não deixar ninguém seu os meus - maravilhosos - posts [risos].
Como já puderam conferir no título da postagem... Hoje ensinarei vocês à passar e-book's não pagos para iPhone/iPod touch - creio que tablet também funciona.
Que nunca quis tanto um livro, mas não tinha dinheiro para comprar? Quem nunca amou tanto um livro a ponto de não largar mais? Você? Então chega mais que o post é pra vocês, seu(ua) lindo(a)! Ansiosos? Então continuem rolando o post <3

Primeiro passo: deixe o iTunes aberto desde já e deixo-o no cantinho. Já, já usaremos ele (esteja logado na conta do iTunes);

Segundo passo: jogue o nome do livro desejado + pdf no - santo - Google e baixe o arquivo desejado;

Terceiro passo: aguarde o download finalizar e abra na pasta onde o e-book se encontra;


Quarto passo: conecte seu aparelho via cabo USB com o computador e espere. Direto do iTunes, vá para a sessão: Comprado (abaixo de iTunes Store);


Quinto passo: volte à pasta do arquivo baixado e arraste ele para a página de seus "Comprados" do iTunes.



Sexto passo: vá nas configurações do seu aparelho e certifique-se de que o e-book está marcado para sincronizar.


Sétimo passo: aperte "Aplicar" e sincronize o aparelho depois de marcar o e-book e... Tchãrã! Seu livro já está no iPod; iPhone ou seja lá o que você tenha com iOS. Vá em iBooks e o encontrará na sessão de pdf's!


P.S.: não faço a mínima ideia de como funciona os outros sistemas como o Android e essas coisas, então deixa quieto.

Espero ter ajudado alguém. Espero que tenham gostado e prometo que tentarei fazer o DIY da varinha no meu próximo post.
Mil desculpas pelo inconveniente e pela simplicidade do post e até a próxima, pequenos gafanhotos!
Qualquer dúvida, perguntem pelos comentários, que tentarei a sanar da melhor maneira.

Xoxo,
Ale.

Lançamento: Need for Speed - Editora Gente


Título: Need For Speed
Autor: Brian Kelleher
Tradução: Edmundo Barreiros
Selo: Única Editora
Páginas: 240
Gênero: Ficção
Lançamento: Março 2014

O sucesso dos games agora em livro e nos cinemas!

   Tobey Marshall é uma lenda no mundo das corridas de rua. Agora que ele está aposentado, seu único desejo é tocar a oficina do pai junto com os amigos e membros do seu ex-time de corrida. Mas um último desafio feito por um velho parceiro acaba levando um de seus amigos à morte e Tobey para a cadeia, acusado de um crime que não cometeu.
   Três anos depois, Tobey é solto. Entretanto, está completamente sem opções. Sua equipe se dispersou e a oficina não existe mais. A única esperança para Tobey surge em uma proposta tentadora, uma corrida incrível que contará com pilotos de todo o país em um desafio lendário em ruas públicas até a Califórnia. Suas chances são boas, mas um velho inimigo está determinado a derrotá-lo.
   Perseguições em alta velocidade, descrições perfeitas dos carros tunados e exóticos, emoções perigosas e uma aventura surpreendente. As páginas deste livro elevarão a adrenalina do leitor.

Palavra da editora:

   Por trás de toda aventura sempre há um herói. E em Need for Speed, o herói tem muita história pra contar! Embalado pelo barulho dos aceleradores, acompanhe a história de Tobey e sua busca por glória e vingança. Um livro cheio de adrenalina, perfeito para quem gosta de carros, estrada e liberdade! — Mariana Rolier

Sobre o autor:

   Brian Kelleher é roteirista e escreve livros de ficção geralmente ligados a outras mídias. Need for Speed é uma parceria com os roteiristas do filme George Gatins & John Gatins.

Mais um ótimo lançamento da Editora Gente, com o Selo da Única Editora. Quer adquirir a pré-venda do livro? Clique aqui.


25 de fevereiro de 2014

Resultado do sorteio de 1 ano do Viciadas em Livros

Oi, gente!

Estamos aqui para divulgar o resultado da promoção em comemoração ao primeiro aniversário do Viciadas em Livros. Muita gente participou e queremos agradecer a todos os participantes/blogs que nos ajudaram com isso! Vocês são demais e com certeza não conseguiríamos sem vocês :)

Só pra lembrar, os blogs participantes e seus livros responsáveis são esses:

Viciadas em LivrosHerdeiro da Névoa – Raquel Pagno
Toca dos LivrosNévoa do Tempo – Cláudia Gray
Snow WhiteBela Maldade – Rebecca James
Ler para divertirJardim de Inverno – Kristin Hannah
Sonhos LiteráriosExtraordinário – R.J. Palacio

Vamos conferir o resultado? 



a Rafflecopter giveaway



a Rafflecopter giveaway






Parabéns, meninas! Vocês receberão os livros presentes no kit que ganharam. As donas dos blogs vão entrar em contato em breve para enviarem os prêmios, e vocês terão ate 3 dias para responder cada e-mail, ok?

Qualquer problema com os blogs que enviarão seus livros, contatem o blog organizador pelo e-mail viciadas-em-livros@hotmail.com (lembrando que não nos responsabilizaremos em caso de extravios dos Correios).

Esperamos que tenham gostado dessa promoção! E se você não ganhou, não fique triste: voltaremos com mais promoções em breve!

Beijão!


Destrua esse post!

Bom dia flores do dia!

Eu me chamo Luana, e é meu primeiro post no blog!
E pra começar a semana relaxando, eu vou falar sobre uma das minhas últimas aquisições.



Livro - Destrua Este Diário

Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Smith começou a refletir sobre o início da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.

Minha opinião: Eu adorei o livro/diário! É estimulante de verdade, e te ajuda a dar um ânimo no dia. Ele contem instruções diversas e surpreendentes.Desde arranque essa página, até envie esta página pelo correio. E de uma certa forma ajuda a acalmar os ânimos.... Quando você estiver com raiva de alguém ou de alguma coisa, é só abrir uma página e destruí-la. E apesar de conter instruções, o diário é personalizado, e pessoal.

Aos que quiserem adquirir, o livro custa em torno de R$20,00 é de brochura e as folhas são grossas pra aguentar o baque.

Espero que gostem!
20 de fevereiro de 2014

8tracks: um site para quem gosta de música


Oi, gente!
Há uns dias, me falaram sobre esse site chamado http://8tracks.com/, então fui lá criar minha conta e ver como funcionava. Basicamente, nesse site, você pode criar playlists e colocar qualquer música que você quiser, simplesmente arrastando dos seus arquivos e colando no site.

Além disso, você pode ouvir as playlists dos outros, podendo procurar por qualquer tag. Isso mesmo, qualquer tag. Ou seja, qualquer coisa que você quiser, vai ter lá. Além do mais, se você quer expandir sua cultura musical, é um ótimo jeito de conhecer novos artistas!

Para participar, você pode criar uma conta ou simplesmente se conectar com o Facebook ou o Google+ e pronto!
Clicando na opção "Explore", você poderá navegar pelas diversas tags e por playlists aleatórias, dai você fica livre pra ouvir qualquer coisa.



Você pode favoritar playlists e músicas, seguir outras contas, ver quais playlists outras pessoas gostaram/criaram. Além disso tudo, na sua página inicial, o site irá te recomendar playlists, mostrar seu histórico, playlists nas tags que você procurou, etc. Basicamente, esse site, além de útil e muito bom, é super simples e fácil de navegar. 



Enfim, espero que tenham gostado! Beijos.
xxxx



17 de fevereiro de 2014

Resenha: O segredo de Ella e Micha - Jessica Sorensen


Título:  O segredo de Ella e Micha – Livro 1
Autora: Jessica Sorensen
Editora: Geração Editorial
Categoria: Romance
Página: 264

   Ella tem marcas da vida desde que sua mãe morreu de uma forma trágica, e ela resolvera fugir para Las Vagas a fim de tentar curar a dor (na verdade, essa é uma parte de um segredo que nos choca), decidindo deixar tudo para trás, inclusive a pessoa que sempre fora – ousada, rude, “valentona”, aquela garota que usava roupas escuras e era durona. Lá, Ella começa a fazer faculdade e conhece Lila, uma menina que se revelará ser uma grande amiga.
   “Espelhos enxergam além da imagem. Sabem quem eu fui; uma garota que falava alto, negligente, que mostrava ao mundo o que sentia. Não havia segredos.”
   Após oito meses Ella está de volta à sua cidade natal, de volta ao mundo que tentou esquecer e à vida que deixara para trás; Ella está voltando para perto de Micha, seu grande amigo de infância, que pode revelar-se muito mais que isso. Todavia, a garota está mudada: desde suas atitudes (menos rudes), até suas roupas (estilo mais comportado).
    Micha faz o estilo “garoto perfeito”, um galã, conquistador barato, amigo, companheiro, generoso, fiel. Ele toca numa banda e seu sonho sempre fora “cair na estrada” com uma banda. Micha sempre fora amigo e vizinho de Ella, e após a fuga dela, Micha se viu   totalmente desolado.
   Percebemos durante a leitura, que o retorno de Ella mexeu com ambos os personagens, e nos intriga o fato de Micha não guardar tanto rancor dela.
   É um livro que fala sobre amizade, amor, compaixão. De fato, não descobrimos apenas um segredo entre Ella e Micha, mas vários; é um livro surpreendente e emocionante.
   É lindo ver a amizade que existe entre os dois, porque como eles mesmos falaram, quando Ella não tinha forças Micha a ajudava, era seu refúgio, sua fortaleza. E quando Micha precisava de Ella, ela era seu pilar.
   Jessica Sorensen tem uma escrita leve e que flui rapidamente, por isso o livro é de rápida leitura. Ele é intercalado por partes em que Ella ora narra, e ora por partes que Micha narra, e ambos alternam o passado com o presente.
   Por se tratar de um New Adult (confesso que não tinha lido livros desse gênero), não existe muita adrenalina durante a leitura, o que ocorre, de fato, são as revelações sobre o passado de Ella e um segredo por parte de Micha. Na verdade, necessitamos saber se Ella e Micha vão ficar juntos e o que acontecerá com eles mais tarde (acredito que seja por isso que o livro tenha terminado meio vago, como se tivesse um continuação – realmente tem), e por esse motivo acabamos "devorando" o livro de uma vez só.
   Outra coisa interessante da história são os personagens secundários – Lila e Ethan - e o possível romance entre eles (que é abordado de maneira esporádica), fazendo com que o livro tenha dois possíveis romances.
   Quero agradecer à Geração Editorial, que cedeu o exemplar; obrigada, parceira! Recomendo a leitura para quem gosta de romance e quer descontrair um pouco, apesar de não ser um estilo de leitura que eu goste, até que curti rsrs. Ah, adorei a capa, a diagramação, o trabalho feito pela editora foi ótimo, parabéns!

Quote: 

“- Não quero que pare sua vida porque não estou mais aqui.
- E eu não quero que você seja esteja em outro lugar que não seja aqui.”

Ah, ia me esquecendo! Durante a leitura, a autora cita várias músicas e, no final do livro, a Editora colocou uma “playlist” com todas as músicas citadas no livro.

1.    Allthe same do Sick Puppies
2.    Thestory, de Brandi Carlile
3.    ShamefulMetaphors, de Cevelle
4.    Rush, do Dance Movie
5.    Behind Blue Eyes, do The Who
6.    BlackSun, de Jo Mango
7.    Sail, de Awolnation
8.    Thedistance, do Cake
9.    Live and Die, do The Avett Brothers






14 de fevereiro de 2014

DIY (easy) - Picolé de Gummy Bears



Não sei vocês, minha gente, mas ultimamente aqui em Curitiba, tem feito um calor infernal bem atípico para a cidade. Soa muito egoísta falar assim sendo que em algumas cidades como o Rio de Janeiro, essas temperaturas são normais, mas odeio o calor.
Gente suada esbarrando em você; Pessoas que parece que esqueceram-se do banho, cabelo oleoso... A sensação constante de cansaço, preguiça e sono. Incontáveis insetos invadindo a casa, pernilongos loucos para chupar o teu sangue... Que terror! Sem contar que você morre de calor com a roupa que está vestindo e quando a tira, continua morrendo [risos].
Não vim salvar o mundo - ainda - entretanto, trouxe comigo, uma sugestão para lhes ajudar a amenizar um pouco deste calor... PICOLÉ DE URSINHOS GUMMY!
Têm circulado com frequência nas redes sociais, fotos de picolés com os famosas balas de gelatina em formatos de ursinhos, então pensei: "Por que não fazer?"
Se você ficou interessada(o), continue lendo o post para saber o passo a passo desta delícia!

Você vai precisar de:



- Pacotes de bala de gelatina em formato de ursinhos que não sejam açucarados - ou semelhantes;
- Copinhos de plástico ou forminhas próprias para picolé (eu não achei, então foi na base do improviso mesmo, porque aqui no Viciadas em Livros é assim, é vida real);
- Uma lata de 350ml de Sprite ou suco de limão (caso deseje optar por algo mais saudável - nunca experimentei na versão suco);
- Palitos de sorvete comuns;
- Papel plástico - daqueles que a mamãe usava para embrulhar o seu lanche no pré (OPCIONAL);
- Uma geladeira - é óbvio.

PASSO I: Preencha os copos ou as formas com as balas de gelatina - nada de apertar ou espremer os ursinhos para caber mais, hein? Repita o mesmo processo com os outros copos, caso sua porção não seja individual.


PASSO II: Caso esteja com as formas de picolé, pule para o próximo passo. Introduza com palito de sorvete em cada copo.


PASSO III: Encha os recipientes com o refrigerante Sprite ou o suco de limão, parando um pouco antes dele ficar no limite - cuidado para não transbordar!


PASSO IV: Caso esteja utilizando o suporte de picolés, tampe-os. Caso esteja usando copos - assim como eu - e seja desastrada(o) - assim como eu² - corte pedaços pequenos de papel plástico para forrar a parte de cima do copo. Faça um furo no plástico com cautela para passar direto pelo palito de sorvete e assim poder embrulhar os copos sem mais delongas.


PASSO V: Deixe congelando no refrigerador, até ver que ele está com uma consistência sólida. E vua lá! Picolé de Gummy Bear pra você! É bem refrescante <3

Dica da Ale: caso considere os gastos altos demais para a sua carteira, há a possibilidade de dividir a conta com os amigos e fazer picolé pra geral. Assim os custos resumem-se à quase nada, sem contar que pagar sozinho já nem era tanta coisa assim (não passou de dez reais comigo);

Bem, é isso! Espero que tenham experimentado - e aprovado. Caso sim, mandem fotos, link das fotos, e como acharem melhor via comentários. Gostaria de ouvir as sugestões de vocês para os próximos DIY's; Tenho bastante coisa planejada, mas queria opiniões diretas de vocês.

P.S.: ignorem a pobreza das coisas, a falta de filtros nas fotos, mas é que aqui é humildade, ok? [risos] Mentira, sou pobre mesmo [chorando].

Tem potterheads aí na multidão? Ou simples leitores da saga? Estava pensando em ensinar a como fazer as vossas próprias varinhas de um modo BEM FÁCIL e BARATO na minha próxima postagem; Alguém interessado? Ficaria aproximadamente como essa (a minha):



Até a próxima! Nox!
10 de fevereiro de 2014

Resenha: Um novo amor à vista - Cláudio Quirino

Autor: Cláudio Quirino
Formato: Edição Kindle 
Número de páginas: 160 
Gênero: Chick-Lit


   Em “Um novo amor à vista”, Cláudio Quirino narra a história de Darla – que na verdade “fala” em primeira pessoa. Darla tem 29 anos e é uma consumista compulsiva, porém trabalha em uma loja de cosméticos onde o salário não é lá grande coisa. Num primeiro momento, a encontramos frustrada, deprimida e desacreditada no amor, por causa do fim do relacionamento com Greg, um cara que na verdade era um canalha (posso falar isso, não posso? Haha).
   Tudo na vida dela começa a mudar a partir do dia que seu chefe lhe dá o direito de escolher um lugar para viajar, incluindo as despesas pagas e até mais algum dinheiro extra. Por mais que sejam somente por três dias, Darla se vê maravilhada.
   A partir do momento em que a mulher chega na cidade (Florianópolis), o mundo parece conspirar: ela conhece Bruna, uma menina “maluquinha” que a leva para uma boate logo na primeira noite, e é lá que Darla conhece Diego, o cara que acaba “mexendo com as suas estruturas”. Basta saber se haverá algo entre os dois, se a distância não será um empecilho e se ambos querem mesmo ter algo juntos.
   É um chick-lit nacional, nacional, nacional, digo e repito, nacional! Confesso que não sou muito fã desse gênero, porém esse livro me encantou, arrancou muitos sorrisos, rendeu algumas reflexões e ainda terminou com um gostinho (ou melhor, um gosto gigantesco), de quero mais, muito mais!
   Cláudio Quirino consegue interagir com o leitor de uma forma extremamente natural, como se fosse um amigo seu. Isso fica mais nítido ainda em alguns trechos onde a personagem principal, Darla, tem seus momentos de devaneios e faz perguntas e afirmações para nós, leitores.
  É uma leitura extremamente rápida, leve, espontânea. Rende muitos risos e – sem dar spoilers - , adorei o nome da cadelinha de Darla haha. Sabe o que é melhor? É que o livro foi escrito por um homem, isso mesmo, um homem! É incrível como ele conseguiu mergulhar no universo feminino e imaginar algumas crises emocionais  que geralmente afligem as mulheres.
 Quero agradecer o Cláudio, imensamente, por ter me proporcionado essa leitura maravilhosa! E mais, por tudo o que ele fez e fará pelo blog, desejo todo o sucesso do mundo! E ah, acho que posso revelar, não posso? “Um novo amor à vista” terá mais dois livros! Isso mesmo gente, será uma trilogia. Eu estou doida para rir mais com as encrencas e ciladas que a Darla entrará, haha.

Quote:

“Não é pecado sonhar. É o conforto para a alma. Só porque algumas pessoas acham que seus sonhos são supérfluos e inacreditavelmente fora da realidade, isso não significa que é impossível alcançá-los. Você pode se apegar à sua confiança. (...) Eu idealizo que cada instante particular que acontece na vida – inclusive os desvios e derrotas comuns – é como o estágio que antecede a plenitude da realização."



5 de fevereiro de 2014

Resenha: Amigos Inimigos - Vanessa Martinelli

Título: Amigos Inimigos
Autora: Vanessa Martinelli
Ano de lançamento: 2012
Número de páginas: 104
Editora: Novo Século

Minha opinião: "Amigos Inimigos" foi um livro que recebi de parceria com a autora Vanessa Martinelli. Conta a história de Maria e Jack, dois vizinhos que, amigos na infância, pararam de manter contato e tomaram direções opostas. Entretanto, anos depois, numa aula que os dois ficaram presos na diretoria tudo começou a mudar: Jack passou a "perseguir" Maria e a encontrá-la em todos os lugares. Maria não gostava de Jack mas, de alguma forma, sentia algo estranho quando ele estava por perto. Aos poucos o sentimento foi mudando e isso foi algo que as amigas Patrícia, Camila e Morgana perceberam desde o início.

Grande parte da história é voltada à um trabalho em grupo que os amigos tinham que fazer para a escola. O livro é bem engraçado e me arrancou algumas risadas durante a leitura que, a propósito, é bem leve e de fácil entendimento. "Amigos Inimigos" é bem curtinho, podendo ser lido em 2 horas.

O grupo de amigas de Maria também é um ponto interessante a citar: a personagem tem 3 melhores amigas que desenvolvem um papel importante na história. Camila é a nerd, que passa por um momento difícil na família, fazendo com que engordasse alguns quilos. Se sente feia e deslocada, apesar de saber que sempre pode contar com o apoio de suas amigas. 

Uma coisa que eu não gosto muito em livros é quando a protagonista se sente uma "ratinha" perto da amiga loira e de olhos azuis — no caso de "Amigos Inimigos", a "deusa" da história é Patrícia. Entretanto, a autora conseguiu fazer a descrição dos sentimentos de Maria sem que se tornasse algo muito forçado, então também não é um ponto em que você precise se preocupar. Patrícia, apesar de tudo, é a mais desligada do grupo e, consequentemente, também consegui me identificar um pouquinho com sua personalidade.

"[...] Magra demais, baixa demais. Maria tinha dificuldade em aceitar o que a genética decretou. Às vezes preenchia os espaços vazios do sutiã com bolinhas de papel, rezando para que estas não resolvessem saltar para fora, na frente de um menino interessante. 
Seria bom ter um corpo adulto, como o de Patrícia, uma de suas amigas de sala. Pescoços entortavam quando ela passava. Até o uniforme horroroso cor de abóbora do colégio ressaltava as curvas perfeitas. Em Maria ficava como um saco disforme, contribuindo para evidenciar a falta de conteúdo. 
Claro que Patrícia chamava atenção, senão pelo corpo, com certeza pelos cabelos loiros bem arrumados e os grandes olhos azuis.
"Uma barbie", conclui."

Morgana tornou-se minha personagem favorita do livro, fazendo com que eu gargalhasse em várias de suas piadas.

Jack também é um personagem que merece salva de palmas: sempre fofo, prestativo e querendo livrar Maria das mãos de Maurício, um riquinho chato por quem ela é apaixonada. Seu relacionamento com Maria é de amor e ódio, eu só não entendi muito bem o porquê deles terem se distanciado tanto na história. Não sei se foi algum fato ou então alguma mania de ambos que desencadeou todo esse ódio, mas confesso que Maria também me irritou algumas vezes na história, sempre ficando nervosa com Jack sendo que não havia motivo algum.

Outro ponto positivo é a diagramação: o livro tem folhas grossas e páginas amareladas (♥). Alguns erros foram encontrados, mas nada que atrapalhasse a leitura. 

Uma coisa que achei bem interessante é que a própria Vanessa Martinelli foi a responsável pela ilustração da capa. Formada em Educação Artistíca, "Amigos Inimigos" foi o primeiro romance voltado ao público jovem da autora.

O livro é bem divertido e eu recomendo a todos!

Classificação:
4 de fevereiro de 2014

TAG: Viciada em filmes

Olá pessoal.
Tudo bem?

Como eu também ADORO filmes, resolvi fazer essa tag para mostrar um pouco do meu outro lado "viciada" de ser kkk.
A criadora da TAG é a Marcela Lahoz.

Vamos lá!

1. Qual foi o último filme que você assistiu?
O último filme que assisti foi "As Vantagens de Ser Invisível".
Achei o filme muito bom, embora ainda não tenha lido o livro - mas espero poder lê-lo em breve -, acredito que o filme não fuja tanto de como é tratado no livro. A atuação da Emma Watson (Sam) e do Logan Lerman (Charlie) é muito fofa. É um filme engraçado e também emocionante. Recomendo.

2. Um filme que quer muito ver?
Um dos filmes que mais quero ver é "A Menina Que Roubava Livros".
Sei que já está em cartaz, mas ainda não pude ir ao cinema para assistir. Gostaria muito que minha mãe fosse junto comigo, para que possamos ter aquelas "tardes das mulheres", mas ela ainda não conseguiu um tempinho para sair comigo. Espero que não demore hahaha.

3. Um filme para chorar?
O filme em que mais chorei - que eu me lembre - até hoje, foi "Um Dia". 
Toda vez que assisto, a minha tentativa em não chorar é sempre em vão. Acho a história linda e nunca me canso de assisti-lo.

4. Um filme para rir?
Um dos filmes mais engraçados que tenho em minha coleção é "Um Parto De Viagem".
No filme, Peter Highman (Robert Downey Jr.) está ansioso para o nascimento de seu primeiro filho, portanto, corre para pegar um voo de Atlanta até Los Angeles. Mas vê suas expectativas irem por água abaixo quando acaba se esbarrando com Ethan Tremblay (Zack Galifianakis) um aspirante a ator e o causador da confusão de fazer sua bagagem e documentos decolarem sem seu dono. Então, sem alternativas, Peter é obrigado a pegar uma carona com Ethan e aguentá-lo até o outro lado do pais.
O filme é uma aventura e diversão do início ao fim. 

5. Um suspense?
Confesso que não sou uma grande fã de filmes de suspense e/ou terror. Me julguem U_U haha. Mas sou muito fraca para esse gênero, realmente não consigo assistir.
Mas um filme de suspense no qual eu julgo ser bom - e que no caso, eu assisti - é "A Janela Secreta".
O filme fala sobre Mort Rainey (Johnny Depp) - agora tá explicado o que me fez assistir esse filme - um escritor em crise que separa-se de sua mulher após pegá-la com outro. Para fugir desses problemas, ele decide se mudar para uma cabana à beira do lago Tashmore, junto de seu cão Chico. Mas lá, surge um homem chamado John Shooter (John Turturro) que o persegue e acusa-o de plágio em uma história. 
O filme muito bom, bastante intrigante e é uma adaptação do conto de Stephen King para o cinema. 

6. Um filme para ver com a família?
Acho que o filme que mais se encaixa nessa pergunta é "Gente Grande".
É um filme muito legal e também engraçado, que nos mostra a importância da amizade e que não importa quanto tempo se passe, ainda é possível ter aqueles "velhos e divertidos amigos".
É muito bom de ver com a família pois é um filme leve e engraçado.

7. Um romance?
O romance que eu mais gosto é "Para Sempre".
É um lindo filme baseado em história real. Mostra o que a gente é capaz de fazer quando se ama alguém e que mesmo com algumas limitações ou barreiras que a vida nos dá, se realmente amamos, tentamos superá-las ao máximo e não desistir do amor.
Maravilhoso e emocionante.

8. Um filme lindo?
Olha, eu sei que eu deveria falar sobre outro filme aqui, mas acho que eu fico dividida e vou repetir dois filmes aqui: "Um Dia" e "Para Sempre".
Muitos não acham esses filmes bonitos, mas para mim, eles são muito lindos e acredito que são os que mais gosto, até agora.

9. Um filme para morrer de medo?
Nossa!! Que pergunta..
Como eu já disse, não sou fã de filmes de terror. Eu morro de medo de qualquer filme desse gênero. Não tem como eu dizer um. Já tentei assistir, mas não consigo. Tenho pesadelos e fico cerca de uma semana imaginando que algo "sobrenatural" possa acontecer comigo. Hahahaha Sou um desastre com relação à filmes de terror.

10. Um filme de ação?
Meu pai gosta bastante de filme de ação. Mas confesso que também não é muito a "minha praia" haha. Na minha opinião um filme de ação muito bom e com efeitos visuais maravilhosos é "Os Vingadores". Eu adoro super heróis, então acho que esse filme se encaixa perfeitamente na pergunta.

11. Um filme que não vale a pena?
"Era Uma Vez no México". É um filme muito doido. É do gênero ação, mas acho ele meio nada a ver. Sabe aquele filme que a pessoa cai de uns 8394631878 metros de altura e não morre? É tipo assim. Acho que é um dos piores filmes do Johnny Depp que eu já assisti hahaha.

12. Um filme para o feriado?
"Procura-se Um Amigo Para o Fim do Mundo". Com um meteoro em rota de colisão com a Terra, e apenas três semanas até o mundo acabar, os vizinhos Penny (Keira Knightley) - uma mulher que nunca teve um namorado decente - e Dodge (Steve Carell) - um corretor solitário que acaba de ser deixado pela mulher -, decidem percorrer juntos o país atrás de suas famílias e seus amores da juventude antes que seja tarde demais.

13. Um desenho animado?
Não há desenho que eu ame mais que "Shrek".
Aí você me pergunta: Mas qual deles? Todos.
É um filme que marcou a minha infância e que eu nunca enjoo de assistir. Foi o primeiro filme que eu vi no cinema - sim eu já era velha quando fui ao cinema pela primeira vez kkk - e que até hoje eu continuo achando lindo. *u* haha.

14.Um filme que você assistiu 3 ou + vezes?
Acho que até hoje não tem um filme que eu tenha assistido menos que 3 vezes. Adoro assistir várias vezes o mesmo filme porque sempre acabo vendo detalhes que não tinha visto antes. 

Mas, quando eu era pequena, o filme que eu mais assistia era "Monstros S.A". É tão fofinho, eu era obcecada por esse filme. Quando meus tios vinham em minha casa, eu praticamente obrigava-os a assistir esse filme. Acho que estatisticamente falando esse foi o filme que mais assisti.


16. Um filme para meninas?
Pergunta difícil, hein!
É meio complicado dizer, mas acho que um dos filmes que as meninas mais gostam/gostaram/gostavam é "High School Musical". Eu também era doida por esse filme, e acho que todas nós já tivemos um vício por ele. Principalmente quando a gente colecionava aqueles "colares/pingentes" que vinham no salgadinho. Hahahaha.

E aí, qual é o seu filme favorito? Que gênero?
Espero que tenham gostado da TAG!

Beijos!
Rakel.

2 de fevereiro de 2014

Lançamentos: Editora Gente e Única Editora

Olá, leitores! Vamos conferir os lançamentos dessas editoras:

Editora Gente:

Título: A bíblia do vendedor
Subtítulo: As leis essenciais do sucesso em vendas
Autor: Stephan Schiffman
Editora: Gente
Páginas: 224
Gênero: Sucesso/ Vendas
Tradutor: Cristina Sant’Anna
Lançamento: Fevereiro 2014
Preço de capa: R$ 29,90

  Os segredos para conquistar clientes!

É uma unanimidade: não existe profissão mais competitiva do que a de vendedor. Conquistar clientes, saber suas necessidades, conseguir se destacar da concorrência e bater metas fazem com que vender seja uma atividade difícil, mas é a alma de qualquer negócio. Neste livro, Stephan Schiffman passa todo o caminho das pedras. Entenda como fazer vendas por telefone e por e-mail, como conseguir marcar reuniões e acompanhamentos com os clientes – e o melhor, como reverter um “não”, transformando-o em uma grande vitória. Depois de treinar mais de 500 mil profissionais de vendas ao longo de trinta anos, o autor descobriu 75 técnicas infalíveis e práticas para fechar vendas frequentes e bater metas com alta performance, construindo uma carteira de clientes sólida. Com as lições rápidas e certeiras de Schiffman, consiga desenvolver o maior tesouro dos tempos atuais: o poder de persuasão em vendas.


Título: A força dos quietos
Subtítulo: As estratégias para conviver, influenciar e vencer sem precisar gritar.
Autora: Jennifer Kahnweiler
Editora: Gente
Páginas: 232
Gênero: Felicidade/ Autoajuda
Tradutor: Cristina Sant’Anna
Lançamento: Fevereiro 2014
Preço de capa: R$ 29,90

“Este livro extraordinário demonstra que você não precisa gritar para ter voz e ser ouvido.” Susan Cain, autora de O Poder dos Quietos

Qualquer pessoa que desempenha um papel, seja ele profissional ou pessoal, precisa influenciar as outras em diversos momentos. E virou ponto comum que grandes influenciadores tomam o centro do palco, conseguem se vender, falam mais alto e são ouvidos pela sua eloquência.
Mas nesse mundo em que a extroversão e as aparências parecem governar, os introvertidos acabam sentindo como se não houvesse espaço para as suas vozes. Como influenciar, convencer pessoas e vender ideias quando somos quietos? Quando o lado da vida no qual estamos mais confortáveis é o interior? É aí que entra Jennifer Kahnweiler, que traz as provas de que existe mais de uma maneira de ser influente.
A autora mostra como os introvertidos podem ser influenciadores altamente eficientes quando, em vez de tentar agir como extrovertidos, usam suas forças naturais para fazer a diferença.
Descubra as seis forças dos introvertidos, desenvolva a influência silenciosa e se liberte da cobrança para ser extrovertido: o maior tesouro está dentro de você!



Única Editora


   Pela Única Editora conheceremos o final da saga Encantados, com esse livro de capa linda!!

Título: Poder
Autora: Sarah Pinborough
Tradução: Edmundo Barreiros
Selo: Única Editora
Páginas: 224
Gênero: Ficção
Lançamento: Fevereiro 2014
Preço de capa: R$ 34,90

Acordar uma princesa pode ser letal.

Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos!
Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder...
Poder é o terceiro volume da trilogia Encantadas, e traz como história principal o conto da Bela Adormecida. Porém, esqueça os clichês tradicionais e se entregue a uma nova visão dos contos de fadas, em que heróis e anti-heróis precisam se unir para não perecerem à beleza superficial de princesas e rainhas egocêntricas e aos príncipes em busca de aventuras.

Confiram o Book Trailer:



----------------------------------------------------------------------------------------------


Título: Enquanto eu te esquecia
Autora: Jennie Shortridge
Tradução: Elisa Nazarian
Selo: Única Editora
Páginas: 384
Gênero: Ficção
Lançamento: Fevereiro 2014
Preço de capa: R$ 29,90

O que a memória apagou, o coração recorda...

   Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo.
   Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente. Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação?
Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz.

“Shortridge se prova como romancista neste livro.”
— Library Journal

“Um livro maravilhoso, apaixonante... simplesmente perfeito.” — Garth Stein, autor best-seller do New York Times bestselling com o livro The Art of Racing in the Rain





Divulgação: Respira, Inspira e Não pira! - Lica Fiori

Olá, leitores! Hoje venho divulgar um livro de uma autora parceira: "Respira, Inspira e Não Pira!", da Lica Fiori (pseudônimo de Liana Cupini).



Título do livro: Respira, Inspira e Não Pira!
Autora: Liana Cupini
Editora: Pingo
Páginas: 200

Sinopse: Laryssa era apaixonada por Matheus há 3 anos. E, se toda loucura por amor vale a pena, um perfil falso no Facebook os aproximou. Mas o que era para ter sido a noite mais mágica da vida dela se transforma num mistério: se Matheus não foi à festa, quem ela beijou? Uma história teen cheia de amor, amizade e confusões.







   E aí, gostaram? Sabem o que é mais legal? É que o livro está em promoção na Amazon, no formato digital! Corre lá, gente!



Quer saber mais sobre a autora?

Facebook: https://www.facebook.com/LicaFiori
Site: http://www.licafiori.blogspot.com.br/
Twitter: @LicaFiori

1 de fevereiro de 2014

Resenha: Stephen King: A Biografia - Coração Assombrado

Titulo: Stephen King: A Biografia - Coração Assombrado.
Autora: Lisa Rogak
Editora: DARKSIDE BOOKS
Páginas: 320
Sinopse: A biografia de um dos autores mais populares no mundo contemporâneo. Stephen King tornou-se parte da história da cultura pop, com mais de 300 milhões de livros vendidos e mais de 50 prêmios por suas obras. Seus romances best-sellers têm capturado a imaginação de milhões de leitores mundo afora. Mas quem é o homem por trás dessas histórias de horror e tristeza e do sobrenatural? De onde nascem suas idéias? E o que o leva a continuar a escrever em um ritmo alucinante, após uma carreira de quase quatro décadas? Lisa Rogak nos conduz ao universo peculiar de Stephen King. Sua infância, seus medos, sua determinação, o primeiro contato com a escrita, as agruras da adolescência, as dificuldades de um ícone e o lado do pai de família, o músico, o fã de beisebol e o amigo generoso. Apesar de seu trabalho escuro, perturbador mas de extrema força emocional, King tornou-se reverenciado por críticos e seus milhões de fãs mundo afora como uma voz de todos os americanos mais parecido com Mark Twain e HP Lovecraft. Stephen King – A Biografia – Coração Assombrado narra sua história, revelando o caráter de um homem que criou algumas das mais memoráveis – e assustadoras – histórias da literatura contemporânea.


Resenha: King is King, sem dúvidas. Para quem gosta de um terror que realmente te assuste, te devore, te vire de cabeça para baixo, esse é o cara. Gostar de livros de terror e assombrados e não gostar dele é uma raridade: ou você não leu os livros dele o suficiente ou simplesmente não curte terror de verdade. Quando vi que havia uma biografia dele rolando por aí, a mão coçou e o bolso doeu, já que o preço da biografia não é tão baratinho. Aí chega o natal, e sua madrinha te liga: "Carol, qual livro você quer?". Bom, a resposta tá na cara.

Hoje vou fazer a resenha um pouquinho diferente do que geralmente costumo fazer e vou começar a falar pela capa. Parabéns, editora! Que material é esse: Quando você pega o livro e abre nem lembra mais do valor que pagou. Capa dura, letras com um leve aprofundamento, com verniz e capa preto fosco. O fosco geralmente deixa uma marquinha de dedos enquanto você está lendo, mas fica lindo na estante, e nada que um paninho não tire seus dedões de lá. As folhas são levemente amareladas, quase não se nota a cor. O acabamento também merece um destaque, pois estava em ótimo estado. Um dos poucos livros de capa dura que me agradou.

Já o livro em si, parabéns à Lisa por sua pesquisa excelente. Fico imaginando o tempo e a dedicação para descobrir tantas coisas do Rei do Terror. A cada página que você vira, abre a boca e fala: "é nada", "putz, não acredito", "cara, você não fez isso", "eu quero participar disto!".

Saber os segredos de um dos seus autores prediletos não tem preço. Os erros que ele cometeu, seus costumes, fobias, passado, presente, como escreveu seus livros, seu ritual para escrever e as coisas que recebe deixam o leitor ainda mais perto do autor. E quando você pega um outro livro dele, após ler a biografia, você começa imaginar como ele teve a ideia, como escreveu, como foi a luta para publicá-lo, a recepção dos fãs e dos críticos. Tudo, tudo, passa pela sua cabeça, ah, como eu amo biografias.

Mesmo que você nunca tenha lido algo do autor, acho bem interessante ler a biografia antes de ler o livros do próprio, para ter aquela sensação que eu citei acima. Ler biografias traz sempre — mesmo que minimamente — uma lição de vida, por isso, é claro, que indico quase todas que leio.