Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

16 de agosto de 2014

Resenha: O Futuro de Nós Dois - Jay Asher e Carolyn Mackler

Título: O Futuro de Nós Dois
Autores: Jay Asher e Carolyn Mackler
Ano de lançamento: 2013
Número de páginas: 384
Editora: Galera Record
Classificação: 

Minha opinião: Em O Futuro de Nós Dois, estamos em 1996 e menos da metade dos adolescentes ainda não tem acesso à internet. Emma é a personagem principal, que ganha de presente do seu pai um computador (ela vê o presente como uma forma do pai dela de recompensá-la por ser tão distante e tudo o mais, já que ele e a mãe de Emma se separaram anos antes). Josh é o melhor amigo de infância de Emma; ou, pelo menos, costumava ser: eles sempre foram muito próximos, dormiam um na casa do outro quando eram pequenos e o fato de serem vizinhos sempre facilitava o contato deles. Só que, seis meses antes, foram assistir um filme e lá aconteceu uma coisinha que, bem... definitivamente, acabou com tudo. Foi constrangedor pra ambos, e por meses eles só se comunicavam com um "oi" ou com um "como vai?", mas desde então nada tinha sido como antes.

“Sinto falta dela. Mesmo que não disséssemos nada um ao outro, mesmo que ela continuasse dormindo, eu gostaria de poder estar sentado naquele sofá com ela neste momento.”

Quando fica sabendo da notícia do computador de Emma, Josh a presenteia com um CD-ROOM da Aol para que ela possa instalar no computador novo e acessar a internet gratuitamente por 100 horas. Só que quando ela instala o programa, acaba se conectando a um site que ainda não havia sido criado mas que, hoje, é conhecido por todos: o Facebook. Emma se depara com uma mulher que era muito parecida com ela, só que bem mais velha, que tinha o mesmo nome que ela, mesma data de nascimento, tudo. Não tinha outra: ao visitar seu perfil do Facebook, ela tinha acesso ao seu futuro dali a 15 anos.

Bem, é aí que Josh e Emma voltam a conversar de verdade. Ela fala com isso sobre Josh, pra se certificar de que não era uma brincadeira feita por ele, e depois eles realmente se dão conta que, visitando o perfil de qualquer pessoa, poderiam visualizar seu futuro 15 anos depois (através de posts, fotos, esse tipo de coisa que muitas pessoas acabam deixando transparecer, às vezes até em excesso, nas redes sociais). E não era só isso: eles também acabam descobrindo que todas as ações que eles tomavam poderiam influenciar no futuro dali a 15 anos, e não só no deles, mas também como no das pessoas ao seu redor. Então, como seria possível saber todo o seu futuro e, diante da perspectiva de querer algo melhor, diferente, precisar se conter para não mudá-lo?

 — Sempre achei que viagem no tempo devia ser uma coisa tão grandiosa que mudaria a vida da gente — observa ela. — Como ‘Uma obra no tempo’ ou ‘De volta para o futuro’. Mas, aqui, a maior parte das pessoas só se importa com fotos de férias sem graça e com coisas triviais. (página 84)

Era com isso que Emma e Josh estavam aprendendo a lidar. Emma quando vê seu futuro odeia, pois descobre que não está satisfeita com o seu casamento e tudo o mais. Já Josh adora o seu e não quer alterá-lo de forma alguma, mas como poderia controlar Emma sabendo que a garota não queria de nenhuma forma aquilo pra vida dela? Afinal, o que ela faria poderia causar grandes reverbações no futuro de Josh também. Lugar onde mora, pessoa com quem se casa, profissão, tudo. E foi isso no livro que eu mais gostei: você percebe como pequenas ações podem mudar sua vida toda. É uma coisa muito interessante de se pensar, e eu nunca tinha parado pra refletir nisso antes.

O Futuro de Nós Dois tem uma história instigante, curiosa e muito inovadora. Pode ser lida em apenas um dia (eu li de um pro outro, mas a partir do momento que cheguei em um certo ponto da história não consegui mais parar). Tem uma narrativa alternada (um capítulo é narrado pelo Josh, outro pela Emma), e os capítulos são bem curtinhos, podendo ser lidos rapidamente. A leitura é leve não só pelo fato de ter uma história que te deixa curioso do início ao fim e uma linguagem bem jovem, mas também porque a letra é grande e as páginas são amareladas, o que, convenhamos, deixa a leitura melhor pra muita gente (inclusive pra mim haha). Minutos antes de eu começar a ler esse livro, estava lendo Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban naquela edição branca, em que a letra é muuuito pequenininha. De HP passei pra O Futuro de Nós Dois e me assustei com a comparação do tamanho das letras dos dois livros, é muito diferente mesmo!

O livro é muito fofo. E quando eu digo muito, é aquele tipo de fofo que, quando você termina, solta um "awwww" bem prolongado, soltando suspiros por aí (haha). O final é previsível, mas não deixa de ser lindo ♥ Amei.

Uma coisa que eu achei que teria no livro e acabou não tendo é um epílogo. Quando Josh e Emma se dão conta de que poderiam ver qualquer pessoa 15 anos depois apenas pesquisando o nome dela no Facebook, eles acabam descobrindo coisas de pessoas muito próximas a eles e acabam ficando chocados com o que leem ali. Apesar do livro deixar claro o final do Josh e da Emma, acaba não deixando claro o final dos personagens que eles pesquisaram o futuro no Facebook, e eu fiquei meio frustrada com issoooo hahaha. Porque uma coisa que pode acontecer ali é justamente o futuro da pessoa mudar por certos atos, então deixa à critério do leitor o final que imagina pra cada personagem. É legal quando o autor faz isso, principalmente em uma temática como essa, mas eu acho que teria gostado mais se os autores tivessem feito um epílogo falando dos personagens (não todos, só os mais principais mesmo) 15 anos depois, pra ver a comparação deles em relação ao que Josh e Emma tinham lido sobre o futuro de cada um 15 anos antes X o que realmente aconteceu. Na minha opinião teria sido mais interessante assim, mas de qualquer forma o final foi muito lindo e muito digno. Recomendo sem nem pensar duas vezes!

P.S: O Josh entrou pra minha lista de personagens literários preferidos. Vez ou outra ele falava uma coisa que me deixava tipo: "NÃO! Para! Não permita com que eu me decepcione com você só por causa de UMA palavrinha que você usou pra se referir à uma menina!!!", mas admito que me identifiquei muito mais com ele do que com a Emma. Além disso, ele é ruivo gente! Como não amar? haha


2 comentários:

  1. Oi Isadora :)

    Esse livro sempre foi barato no Submarino, mas eu nunca dei uma chance a ele. Infelizmente, agora está mais caro, só porque eu quero muito ler. Sua resenha me instigou tanto que acho que vou pagar caro mesmo. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Isadora, adorei a resenha, já tinha visto muita gente falando desse livro mas não sabia exatamente do que falava. Parece uma história muito boa :) E eu adoro livros que os capítulos são narrados por pessoas diferentes.
    Beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!