Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

25 de julho de 2014

Diário de Viagem: Buenos Aires - dias 1 e 2

Viajar. Conhecer lugares novos, pessoas diferentes e uma cultura desconhecida. Talvez a oitava maravilha do mundo, eu diria, talvez o que eu mais amo fazer no mundo! Seja uma viagem de uma hora para o interior, ou para outro continente, sempre há algo novo e interessante para ver, e por isso eu poderia passar o resto da minha vida viajando!

We Heart It

Bem, desde que voltei do meu intercâmbio, uma vontade fora do normal me invadiu: vontade de conhecer Buenos Aires! O motivo? São alguns, hahahaha. O primeiro eu diria que é a proximidade do Brasil, o segundo é a arquitetura da cidade! É simplesmente magnífica, eu me senti na Europa novamente, e vocês devem saber que eu e a História poderíamos casar e ter quatro filhos, hahahaha. Sou apaixonada por tudo que é antigo, História me fascina de um modo que passo dias lendo meus livros da matéria... Não é incrível saber um pouco mais sobre o que aconteceu há séculos? Aprender sobre civilizações que já foram extintas, ou sobre culturas que acabaram por influenciar a nossa? E a arquitetura? Não é magnífico ver com seus próprios olhos construções que dizem tanto sobre a sociedade e cultura de centenas e centenas de anos atrás? 
Acho melhor eu parar de falar e voltar pros meus motivos para escolher Buenos Aires, hahahahaha.
Bem, o terceiro motivo é a cultura portenha, que apesar de bem parecida com outras ocidentais, e principalmente da América do Sul, ainda contém muitos traços diferentes que fascinam! E o quarto, e de extrema importância, é o preço! Viajar pra Argentina é barato e isso é de interesse público, não? Hahahaha.


Escolhido o destino, chegara a hora de convencer minha mami querida, que por sorte conseguiu mais alguns dias de férias e, na madrugada do dia 18, passamos horas e horas pesquisando hotéis e passagens aéreas, porque oras, viajaríamos 10 dias depois!
Acho que nem devo avisar que viagens devem ser planejadas com muuuuita antecedência, né? Não sigam meu exemplo, hahahahahahaha.
Depois de muito pesquisar, conseguimos uma promoção da Qatar Airways, compramos as passagens pelo Submarino Viagens e reservamos o último quarto do hotel, o Apart Hotel San Diego - que escolhemos primeiramente pela localização: a Recoleta, um dos melhores bairros de Buenos Aires; pela proximidade dos principais pontos turísticos; por ter um metrô há 500 metros; e pelo melhor custo-benefício que encontramos. Ah, reservamos pelo Booking.com.
Ok, passagens compradas, hotel reservado, tudo certo, confirma? NÃO, NÃO CONFIRMA NADA!!!
Agora eu precisava da parte mais legal, e ao mesmo tempo, mais complicadinha: organizar a viagem! Quando eu tenho tempo, prefiro só pesquisar os lugares os quais quero conhecer, e quando chegar no destino, resolver por lá mesmo o que fazer, quando fazer, como... Mas com apenas quatro dias de viagem, ou melhor, três - porque cheguei lá e o relógio marcava 21:35, precisei me organizar muuuuuito! Porém, eu continuo a deixar meu espírito aventureiro no meio disso tudo, e mais tarde vocês vão descobrir o motivo!

O primeiro passo foi comprar um guia - optei pelo da Lonely Planet, como o da foto, só que de Buenos Aires, dãr, hahaha. E por ele, comecei a organizar os três dias de viagem, com passeios, restaurantes, separar tudo bonitinho por regiões, descobrir quais as estações de metrô usar, horário de funcionamento de certos locais, se a entrada é franca ou não, enfim, todas essas coisas, e pasmem: só terminei de arrumar tudinho, no avião!

We Heart It

E falando em avião... Chega de blá blá blá e vamos ao diário propriamente dito!

Dia 1 - Voo, aeroportos e um jantar improvisado.

O problema começou quando o voo era às 17:55, o jogo do Brasil começava ás 13:00 e é preciso estar no aeroporto com NO MÁXIMO duas horas de antecedência para voo internacional. Ok, 15:55 no aeroporto, tranquilo, já que o jogo termina às 15:00, aí é só sair de casa e chegar no horário, né? NÃO! O JOGO FOI PRA PRORROGAÇÃO! Como tudo no jogo indicava que esta seria a conclusão, resolvemos sair antes do jogo terminar mesmo... Saímos forçados de casa, porque queríamos ver o jogo, mas quem tava afim de perder o voo ou enfrentar um overbooking?
Fomos o caminho inteiro escutando pelo rádio, nada de sair gol, nada de NADA ACONTECER!!! Corremos para fazer o check-in - tudo tranquilo, guichê da Qatar praticamente sem filas, e bem, depois nos amontoamos junto a vários outros que se encontravam presos no aeroporto, para assistir aos pênaltis.
Olha, foi uma das maiores emoções da VIDA! Futebol já mexe com o psicológico da pessoa ansiosa que vos fala, e pênaltis me fazem passar mal - sem exageros! Foi incrível pular e vibrar a cada gol feito e a cada defesa do nosso Santo Júlio César, hahaha. 
Fomos eliminados, mas fazer, o que, né? Pelo menos a Argentina não foi campeã, hahahahahaha.

Bom, agora era hora de passar pela PF, raio-x, controle de passaportes e toda aquela chatice - ainda mais porque eu e minha irmã viajamos sem nosso pai, que não conseguiu férias, aí tem que conferir as autorizações de blá blá blá.
Enfim, entramos! Nada de comprar no free shop da ida porque é só mais peso pra carregar, e para completar, o embarque já estava para ser iniciado. 


Acomodadas no avião, decolamos pontualmente às 17:55 rumo às terras portenhas. O voo foi bem tranquilo, com jantar gostoso - milagre, e comissários educados, simpáticos e bem humorados!
Não fiz absolutamente nada durante o voo porque sou uma adepta religiosa ao ócio, mas o avião contava com um ótimo sistema de entretenimento, que roubou a atenção da minha mãe e irmã de mim!
Mas como o tempo do voo é bem curtinho, menos de três horas, não dá nem pra assistir um filme inteiro - por causa do tempo de decolagem, pouso e blá blá blá.
Bem, chegamos e depois de toooooda a questão do aeroporto, o transfer - que contratamos anteriormente por meio do hotel, já estava a nossa disposição no aero!
Estava frio o suficiente para eu desejar todos os cobertores que estivessem ao meu dispor, e olha que eu sou calorenta!

Em certa de 40 minutos chegamos ao hotel, e depois de muito bem acomodadas, precisávamos jantar!
Bem na frente do hotel, três ótimos restaurantes pareciam a solução perfeita, até descobrirmos que todos estavam lotados. Bem, e o Carrefour ao lado dos restaurantes? Fechado. Desoladas e com fome, achamos a luz no fim do túnel com um 25 Horas na esquina da rua do hotel com a Arenales (Rodrigues Peña x Arenales) e o que é um 25 Horas? Seria uma loja de conveniência, que você pode encontrar por toda Buenos Aires, e que vende doces, refrigerantes, sucos, lanches, doces, etc etc etc! Salvou a nossa vida com aqueles lanches prontos e gelados, daqueles bem típicos na Europa, sabem? 

Dia 2 - Centro, San Telmo e muitas bolhas nos pés.

Primeiro dia de viagem oficial e saímos cedo da cama, mesmo com um frio de congelar os pés!
Como o café da manhã é servido em um restaurante fora do hotel - há pouquíssimos metros, bem bonito e com comidas gostosas, nós deixamos tudo pronto para sair pra turistar logo depois de terminar o café, nada de voltar pro hotel!
Comemos nossas medialunas deliciosas e bem, agora é a hora que eu aviso para NINGUÉM USAR MEU ROTEIRO COMO REFERÊNCIA!!! Sou meio maluca e resolvi que percorreríamos o centro e o bairro de San Telmo toooodos a pé, desde nosso hotel na Recoleta! Tudo bem, a cidade é plana e bem organizada, mas os pés reclamam depois... Para isso, descemos até a Av. Santa Fé e seguimos por ela até encontrar com a Av. 09 de Julho, a mais larga do mundo, e então a percorremos passando pelos pontos turísticos - Teatro Colón Obelisco.


Nenhuma das minhas fotos do Teatro ficou boa - porque não atravessei toooooda a avenida para fotografá-lo, mas ele é LINDO! Maravilhoso, enorme, com detalhes incríveis e digno de fazer cair o queixo!
Um pouco mais a frente estava o Obelisco.

Participação especial da minha hermana - e do Messi, hahahahaha.

Se ela souber dessa foto, me mata.


Seguindo o roteiro da maluca que vos fala, deixamos a Av. 09 de Julio e entramos na Tucumán, para então, chegar até a Calle Florida! Conhecida por ser uma rua de comércio, conta com inúmeras marcas e departamentos ao longo de sua extensão, e o shopping Galerías Pacífico, que se localiza em um prédio MARAVILHOSO, com afrescos incríveis no teto!


Me perdoem por fazer a rua parecer uma ladeira, mas to com pregui de nivelar, hahaha.


Depois de muito andar, estendemos nosso roteiro para uma passadinha rápida pela Plaza San Martin, para depois, seguir até a Iglesia Santa Catalina e a Plaza de Mayo!

Plaza San Martin


Como acabamos no caminho inverso, hahahaha, voltamos toooooda a Florida para chegar até a Casa Rosada e a Catedral Metropolitana, mas antes, demos uma passadinha na fofa Iglesia Santa Catalina!


Não me matem, foi proposital cortar o topo da entrada!

Depois de visitar a fofíssima igreja, pegamos alguma rua paralela, a qual não me lembro o nome, e saímos na Plaza de Mayo, bem na frente da linda Catedral Metropolitana de Buenos Aires!


Ela é linda linda linda, enorme, com detalhes minuciosos e por dentro, lotada de esculturas e ainda mais detalhes! Sério, sou fascinada por igrejas e esta me deixou fascinada, não tanto quanto a Catedral de Notre Dame, mas o suficiente para prender meu fôlego ao olhar para cima.
Next stop... Casa Rosada! Mas antes, a linda Plaza de Mayo a percorrer!



Casa Rosada

Depois desta maratona, ainda tinha mais uma: chegar na Feria de San Telmo! Uma feira de antiguidades que há décadas, acontece religiosamente todos os domingos, desde a Plaza Dorrengo, continuando pela Calle Defensa. Segundo meu querido mapa - que abre parênteses, foi o salvador da pátria nesta viagem, sem ele, não sei o que teria sido de mim! Andar por Buenos Aires pode ser fácil, por ser uma cidade plana e com ruas extensas, mas se perder também não é tarefa complicada - ainda mais para mim! Meu mapa veio junto com o guia, mas não deixe de comprar um! - Fecha parênteses, enfim, meu mapa dizia que era só seguir a Av. Passeo Colón, virar na Av. Independencia, e então, chegar até a Calle Defensa

O que eu não contava era com uma avenida tão LINDA! Toda arborizada, com diversos parques e praças. Foi super gostoso andar por lá, em calçadas lotadas de folhas caídas, uma atmosfera de outono em temperaturas de inverno!


Depois de nos perdermos umas três vezes, chegamos a feira, graças ao sagrado mapa!!! 
O bairro de San Telmo se tornou meu favorito de Buenos Aires, talvez por causa da feira - sou maluca por coisas antigas; talvez pelo seu charme; talvez pela arquitetura que revela muito da cultura local; talvez pelos contrastes que encontrei ao compará-lo com o bairro nobre no qual me hospedei; mas com toda a certeza, por toda a cultura, hábitos e rotinas realmente argentinas que por lá encontrei!
Não tirei muitas fotos, justamente por ficar estupefata com todas estas informações, mas ainda tirei algumas fotos da feira mesmo, principalmente na praça - e também porque como a feira só ocorre nos domingos, ela estava lotada, e eu não queria parar a passagem de ninguém para tirar fotos, sério, não ia ser muito legal não, porque tava lotada MESMO.



E adivinhem só o que aconteceu? Isso mesmo, depois de almoçar na Starbucks - por ser o único lugar que não estava com lotação máxima, hahahaha, tentamos encontrar a Estátua da Mafalda, mas não a encontramos porque nos perdemos no mapa, é, isso mesmo. Aí andamos muito muito muito até encontrar o metrô, e a essa altura, meus pés já não sabiam distinguir o que era pele e o que era bolha! Mesmo com a minha bota mais confortável, foi complicado aguentar os mais de 10km que andamos naquele primeiro de Julho...

Enfim, chegamos no hotel, atravessamos a rua para comprar pacotes de miojo - o cansaço não deixava ninguém sair e jantar comida decente, era impossível. Comemos nossos miojos e nada mais nos importava, apenas a cama.

Dicas Úteis

Ter sempre um mapa com você
Ter também o mapa do metrô
Não ter vergonha de pedir informação
Fazer um roteiro de viagem
NÃO SEGUIR O MEU ROTEIRO

É isso, espero que tenham gostado, e até o próximo post!
Beijos, Camille.

18 comentários:

  1. Nossa :O suas fotos são muito lindas cara <3 amodorei haha, dá uma passadinha no meu blog, vai que você gosta ;)

    http://decisaofeminina.blogspot.com.br/ aah e eu já tô te seguindo aqui ^^

    ResponderExcluir
  2. Estou contendo aqui minha inveja, sai do intercambio e vai para Buenos Aires? haha. Meu sonhos é viajar por todo mundo, e como você, eu amo história, então qualquer lugar que envolva arquitetura antiga, iria ser simplesmente perfeito. Lindas fotos e ótimo post. Beijos!

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natalia!
      Hahahaha, já leu os posts de Diário de Intercâmbio daqui??
      Nem me fale em viajar todo o mundo, acho que eu vou viver pra isso, hahaha!

      Muito obrigada, beijos!

      Excluir
  3. Muito legal o post, lindas fotos!

    http://paginasefrases.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ai, que lindo Buenos Aires - Argentina <33
    naquelesetembro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ahh que sonho!! Parabéns pela viagem!
    Miojo, me deu até vontande de comer agora, rsrs
    Que loucura, adorei o post!

    http://dreams-in-books.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Muito obrigada! Hahahaha, miojo é vidaaaaaa!

      Beijos.

      Excluir
  6. SOU LOUCA PARA IR PRA BUENOOS <33 Que cidade linda *-* Mal posso esperar para ir.
    Amei o post, beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mandy!
      Ai, é linda mesmo, eu fiquei toda apaixonada, hahaha... Espero que você consiga conhecê-la logo!
      Muito obrigada!

      Beijos.

      Excluir
  7. Que legal! Quem sabe um dia eu viajo para a Argentina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexandra!
      Ai viaje simmm, pelo menos Buenos Aires, é linda!

      Beijos.

      Excluir
  8. Massa!!!!!!! Amei as fotos!

    escritordeconta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ain quero muuuuuuuuuito conhecer Buenos Aires demais <3

    Se Deus quiser estarei lar ano que vem, já anotei aqui não cruzar a cidade a pé xD

    pequenamiia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miiah!
      Hahahaha, então, vários lugares vale muito a pena conhecer a pé, mas depende muito de onde você está hospedado e tal, todos os lugares que quer conhecer do dia, etc! Mas use o metrô, tem pelo menos uma estação próxima dos pontos turísticos, só acho que não há perto do Caminito... Mas tem ônibus pra lá, hahaha!
      Espero que você vá pra lá ano que vem, estou torcendo pra dar tudo certo!

      Beijos.

      Excluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!