Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

13 de junho de 2014

Livros que mais me marcaram

Minha história com os livros começou há muuuito tempo, e depois de longos anos recheados com páginas e fantasias e amores e emoções, aprendi que o maior e melhor aprendizado que um livro pode me trazer está além de seu enredo, além de uma escrita impecável, além de assuntos que fazem sair faíscas do meu cérebro, e ainda além de toda a emoção que o escritor depositou em cada vírgula escrita. O aprendizado é tão pessoal, que eu ficaria meses ou quiçá anos para listar tudo que mudou na minha vida graças aos livros, mas hoje, quero falar dos que mais revolucionaram minha vida, aqueles que viraram minhas opiniões de cabeça para baixo - porque eu troco de opiniões a cada segundo, sério, hahaha, aqueles que abriram um milhão de possibilidades que antes eu nunca sequer havia tentado enxergar, aqueles que fizeram meu coração bater mais forte, aqueles que foram os responsáveis por transbordar meus olhos com lágrimas que até hoje sinto em minha pele, aqueles que transformaram minhas faculdades mentais em verdadeiras aulas de filosofa, aqueles que entraram por cada poro e reformaram posturas enferrujadas, aqueles que, finalmente, mudaram minha vida de um jeito que jamais, outro fator seria capaz.

Quem me conhece sabe beeeeem que eu nunca julgo um livro como "bom" ou "ruim" para uma opinião geral, porque eu sempre acreditei e continuo acreditando, que a experiência de uma leitura reflete APENAS no leitor em questão, e nunca devemos julgar uma experiência pessoal, porque pensa só: eu não sei tudo o que rola na cabeça de quem leu aquele livro, em um certo momento da sua vida, quando n fatores poderiam estar acontecendo e aí PÁ, ela lê o livro e este muda inúmeras concepções que ela antes tinha. Logo, um livro que pouco mudou minha vida, pode ser crucial para você, por exemplo, resolver algum problema familiar. Ou um livro que você considerou fraco, aborda temas que atordoavam minha mente logo quando coloquei os olhos nas milhares de linhas dele, e por enxergar os problemas pela retina de outro alguém, pode ser que eu pegue outra vertente para analisar, e enfim, consiga instaurar a paz na minha massa cinzenta.
Eu poderia falar bem mais sobre esse assunto, mas só para concluir, eu decidi que ser bom ou ruim, para mim, não são características que por mim são analisadas de um ponto de vista que critica escrita, enredo, personagens, desenvolvimento ou qualquer outra coisa do gênero, mas pelas emoções e reflexões que o livro me proporciona.

Entonces, depois de muito falar, aqui estão os cinco livros que maaaaaais me marcaram. Queria muito explicar os motivos de cada um deles, mas gente, são motivos demais e vocês iam querer me matar, hahahahaha.

1. A Cidade do Sol


2. Jogos Vorazes


3. O Diário de Anne Frank


4. Anna e o Beijo Francês


5. A Fera



Mas e aí, quais são os livros que mais marcaram vocês? Contem pra mim nos comentários!


4 comentários:

  1. Ótimo post!!! Amei as dicas de livros!
    Vem conferir as novidades no Blog
    Acesse:
    http://meumundorosapynk.blogspot.com.br/
    Um Ótimo Fim de Semana!

    ResponderExcluir
  2. A Menina que Roubava Livros, Quem é você Alasca e também O diário de Anne Frank :'(
    http://vidasaopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Desses eu só li "Anna e o beijo francês" e "O diario de Anna Frank", ambos os livros me marcaram e ambos me proporcionaram sensações únicas, porém diferentes. Todo mundo sempre fala muito bem de "A cidade do sol", acho que vou dar uma chance também! Meninas Quase Invisíveis 

    ResponderExcluir
  4. Vejo muitas pessoas falarem de O Diário de Anne Frank mas ainda não tive a oportunidade de ler. Jogos Vorazes também foi um livro bem marcante para mim.
    Beijos.
    http://livrosporumbeijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!