Sobre nós

Seguidores

Curta!

Instagram

Twitter

Siga por e-mail

Eu leio Brasil

Meise está lendo

Isadora está lendo

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

1 de setembro de 2013

RESENHA DO LIVRO PRINCESA DE GELO - THAYANE GASPAR



Sinceramente, confesso que não sou muito fã de livros que abordam as várias temáticas que envolvem reflexões sobre a mudança de mentalidade jovem e todo o seu processo de encontro consigo mesmo, porque geralmente são repetitivos e monótonos. Eis que os comentários acerca de Princesa de Gelo (Editora MODO), da autora Thayane Gaspar – até então desconhecida, pelo menos para mim – ganharam as redes sociais e eu, super curioso como sempre, fui conferir um pouco sobre esse título nacional. Então, cheio de curiosidade, assim que recebi o livro, comecei rapidamente a leitura.

Bem, a história do romance gira em torno da personagem Alessa Deluise e de uma série de descaminhos tortuosos que a sua vida toma, de modo que ela simplesmente se fecha para diversos aspectos e sentidos existenciais da sua própria vida e, gradualmente, tudo a sua volta vai ficando mais escuro, sombrio, solitário e enervante. A personagem tem a personalidade muito marcada por conflitos internos e, em alguns momentos, a sua saída para escapar de tudo isso é manifestada através de automutilações frequentes e suicídio. Em um clima de tensão, registrada de maneira complexa e dedicada pela autora, o livro vai ganhando um ritmo, o que parece ser um dos pontos marcantes da história. A técnica é estruturalmente desenvolvida, conquista o leitor, mas peca no sentido de que algumas pequenas falhas de revisão comprometem a compreensão de alguns parágrafos. Mesmo sem ser um problema, o método de escrita é leve e nos acompanha durante todo o curso da história. 

Thayane Gaspar soube eficientemente aproveitar o momento para instituir reflexões pessoais pertinentes, necessárias e colocadas. Se o leitor conhece alguns casos muitos parecidos com o da Alessa, certamente Princesa de Gelo vai denunciar a forma como eles e comportam e estudam suas próprias ações de vida. Outro ponto interessante e que merece atenção especial é a preocupação da autora em não traçar um perfil único, mas trazer para a realidade do leitor um caso muito particular. E ela consegue dar vida e voz à Alessa, e consegue mais ainda quando faz surgir na história outro personagem de quem eu particularmente gostei muito – o Eric Lacrov.

Este, pelo seu teor de importância, também conquista o leitor, porque acaba sendo uma peça fundamental para a mudança da Alessa. E os momentos construídos pelos dois são descritos pela autora com eficiência, de maneira bem humorada e sutil, já que a própria história também é permeada por acontecimentos passados – como flashbacks – que são o ponto de partida para alguns entendimentos. Discordo de algumas resenhas que tiram o mérito do livro Princesa de Gelo, porque entendo o quanto a escritora precisou ser o mais realista possível no momento de retratar temas tão polêmicos. E nisso, Thayane foi feliz, muito feliz mesmo.

A capa do livro tem uma boa estrutura e design gráfico – e eu gostei –, a diagramação é boa, apesar de algumas falhas (que não fazem perder o clima do romance) e Thayane Gaspar é uma autora muito talentosa e habilidosa com as palavras, além de ser muito simpática, que certamente vai crescer na carreira e ainda vai conquistar mais leitores. No fim das contas, Princesa de Gelo é um livro para ser lido, sem sombra de dúvidas, e que merece atenção especial pela sua filosofia de vida e debate.


Um quote, para você ficar conhecendo um pouco mais do livro:

“... Sabe quando um pequeno toque abrupto pode estilhaçar uma peça de vidro artesanal? E por isso utilizam cercas e obstáculos para que estejam seguras sempre? Eu sou exatamente assim. A maquiagem, os piercings, as palavras cruéis, tudo é um simplório mecanismo de defesa para que eu não me quebre e me despedace em milhões de pedaços.”











    
Até a próxima, pessoal! Espero que tenham curtido a resenha.



6 comentários:

  1. Mais um ótimo trabalho! Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! Fiquei muito curiosa pra ler o livro. Adoro leituras que tratam de assuntos polêmicos rs. E adorei a capa =D

    www.resenhasealgomais.com.br

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não sabia da existência desse livro, mas fiquei bem empolgada depois de conferir sua resenha. É sempre chato encontrar erros de revisão, isso prejudica um pouco, mas se a estória é bem escrita, dá para relevar. Realmente, os livros que abordam essa mudança de personalidade na adolescência não me conquistam muito, mas o que ganhou a minha intenção foi os temas polêmicos que a estória aborda e como eles foram desenvolvidos pela autora. Fiquei curiosa! (: Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Meu querido amigo! Que presentão que eu ganhei! Sem dúvidas é uma das resenhas mais lindas que eu já li. Muito obrigada! De coração! E espero que você curta bastante Mitral e que esse livro não te decepcione!
    Beijos!!!
    Thay

    ResponderExcluir
  5. Foi bom realmente ler uma resenha de uma autora que está começando a crescer no mundo literário, afinal, você pode dizer para alguns amigos "Conhece essa autora? Não, ela tem um livro maravilhoso". Ops, é ler este livro rs. A resenha despertou em mim a vontade de lê-lo futuramente, vamos ver se isso acontece né ?

    http://enfim-dezessete.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Primeira vez que leio sobre o livro e também não conhecia a autora.
    A capa é realmente linda. Eu gosto de livros bem pé no chão, que trazem a realidade fora do livro. Fiquei curiosa para ler.

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!