Sobre nós

Seguidores

Curta!

Instagram

Twitter

Siga por e-mail

Eu leio Brasil

Meise está lendo

Isadora está lendo

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

6 de abril de 2013

Para ouvir e se apaixonar: Mallu Magalhães


Olá, pessoal!
Resolvi lançar uma nova coluna no blog hoje, chamada "Para ouvir e se apaixonar". Nela, eu falarei de alguns cantores/bandas que eu gosto muito.
Não sei se vocês sabem, mas eu simplesmente adoro a Mallu Magalhães. As músicas dela são incríveis, a voz dela me acalma, além dela ser a coisa MAIS fofa do mundo! Hahaha.
Confiram um pouco mais sobre a Mallu:

Mallu Magalhães é uma cantora, compositora e instrumentista brasileira. Com três álbuns e um DVD lançados, seus maiores sucessos são "Velha e louca", "Tchubaruba", "J1" e  "Shine Yellow".

Mallu é filha de uma paisagista e de um engenheiro e músico amador apaixonado por rock clássico, que a influenciou em seus gostos musicais. Aos nove anos, Mallu ganhou um violão e dois anos depois passou a ter aulas.
Durante sua infância ouvia atentamente os CDs e LPs de seus pais e de seus avós, prestando atenção à música e aos encartes dos discos e, através deles, foi buscando outros artistas.
Aos doze anos, começou a compor músicas, grande parte delas escritas em inglês.


Em 2007, aos 15 anos, Mallu juntou algum dinheiro e gravou quatro de suas músicas, disponibilizando-as na internet por meio do site MySpace. Dentre elas destacaram-se "Tchubaruba", "J1" e "Get To Denmark".
Em janeiro de 2008 Mallu fez sua primeira apresentação acompanhada por músicos profissionais. Foi convidada a abrir o show da banda Vanguart no Clash Club, reduto alternativo paulistano, onde estavam presentes alguns jornalistas.
Gravou seu primeiro álbum num grande estúdio no Rio de Janeiro usando com exclusividade equipamentos vintage, como uma mesa de gravação do mesmo modelo da utilizada pelos Beatles no Estúdio Abbey Road.
Acompanhada por sua banda e com a produção do álbum assinada pelo produtor Mário Caldato (Beastie Boys, Beck, Bjork, etc), seu álbum de estréia confirmou seu estilo folk e pop rock com belas melodias sobre arranjos bem feitos e foi bem recebido pelo público e pela crítica especializada, alcançado boas vendas numa época onde a cultura do baixar músicas na rede se estabelecia cada vez mais.
No final de 2011 Mallu lançou seu terceiro álbum, Pitanga.

Texto retirado do site Wikipédia

Abaixo vocês podem ouvir algumas músicas da cantora:







Vocês já conheciam a Mallu? O que acham dela? Comentem!
Beijos,
Isadora.

2 comentários:

  1. Nossa! Eu ouvia Mallu Magalhães, tenho até um autógrafo!

    Beijos,

    Lulu

    http://blogamantesdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A Mallu realmente é uma foda, amo ela...

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!