Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Blog Archive

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

20 de fevereiro de 2013

Petição: Eu leio Brasil

   Olá galera! O post de hoje é mais um "apelo" para a questão da literatura nacional. Tenho a seguinte opinião: a literatura brasileira precisa ser reconhecida e lida sempre que possível, porque, convenhamos, existem muitos brasileiros que escrevem super bem e estão por aí, esperando uma oportunidade para mostrar seu livro (quem já escreveu um livro sabe o quão difícil é, desde o escrever até a sua publicação). Creio que nós, brasileiros, mais do que qualquer outro povo, precisamos apoiar os autores nacionais, porque eles escrevem para nós e precisam do nosso retorno como leitores. Quero deixar claro que o blog SEMPRE vai apoiar qualquer autor nacional que precisar de apoio (seja na divulgação de um livro ou até um post sobre ele), então, contem conosco. Já fizemos vários posts sobre nossos autores e nos sentimos muito felizes com o retorno que eles nos tem dado.
   Sobretudo, quero pedir que assinem uma petição que apoia a iniciativa de ler mais livros nacionais e visa tentar mudar a situação dos mesmos nas livrarias e sebos. É fato que na maioria das livrarias e sebos os livros que estão mais visíveis ao público costumam ser os de literatura estrangeira - quero deixar esclarecido que não estou desvalorizando os autores estrangeiros, afinal, leio muitos livros deles -, porém, estamos no Brasil e seria extremamente interessante se pudéssemos apoiar nossos autores até na questão de visibilidade de suas obras nas livrarias.
  A petição diz o seguinte:

EU LEIO BRASIL:

   A literatura nacional pede socorro.
   O que está acontecendo é que as obras brasileiras não estão recebendo o trato que merecem. Basta entrar em qualquer livraria para perceber a diferença de tratamento. Em destaque, apenas as obras que vêm de fora. Nas listas dos mais vendidos, nomes estrangeiros pipocam e somente de vez em quando surge uma Paula ou um Eduardo para diversificar.
   Os marketings das grandes editoras apontam todos os seus canhões para 50 tons de estrangeirismo, enquanto o verde e amarelo fica ofuscado sob o cinza.
   Ora, não podemos esquecer que para cá já vêm os best-sellers, testados e retestados no exterior, que já passaram por uma pesada campanha de publicidade.
   Mas os daqui ficam relegados a segundo plano, sem que os leitores sequer tenham o direito de escolher se vão comprar ou não. A dinâmica é clara: o consumidor comum entra em uma livraria procurando uma capa que lhe chame atenção, ou uma história que se destaque no meio das outras. Impossível que um livro escondido no meio da prateleira ganhe a parada. Isso, quando pelo menos fica em um canto escondido na livraria, pois na maioria das vezes os títulos nacionais nem chegam às estantes das grandes redes.
   Por isso, criei este manifesto. Longe de mim pedir para que as pessoas só leiam os nacionais. Adoro Marians, Sophias e Stephanies e quero muito continuar a lê-las. Mas quero chegar no shopping e ter o direito de escolha entre elas e as Vanessas, Lucianes, Leilas e Carinas. Ah, e Janainas também!

*Precisamos reunir 10.000 assinaturas para mandar este manifesto para a mídia. Vamos fazer o nosso barulho!


AJUDEM COM ESSA PETIÇÃO! BASTA ASSINAR, CLICANDO AQUI E CURTIR A PÁGINA NO FACEBOOK.

   A meta são 10.000 assinaturas! Parabéns para quem criou a petição, e vamos ajudar galera, não custa nada!

Um beijo,
Renata.

2 comentários:

  1. A literatura brasileira cresce a cada dia e deve ser valorizada.

    ResponderExcluir
  2. òtima ideia, realmente estão surgindo muitos escritores brasileiros maravilhosos e temos mesmo que dar o valor a eles.
    Bjos
    www.bibliotecavirtu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!